Blog de Notícias de SALTO DO LONTRA








Chave Prata: Salto do Lontra inicia montagem do elenco

O Salto do Lontra Futsal já está se movimentando para a disputa da Chave Prata do Campeonato Paranaense 2015. Atual campeão da Chave Bronze, o time do técnico Mauro Córdova e do auxiliar Rafael Salvet…

Previsão do Tempo

promovida pela Comissão da Agricultura da Assembléia Legislativa do Paraná, em Curitiba. Mais três pequenas empresas de facção de Salto do Lontra foram inclusas no Programa Municipal de Emprego e Renda. No dia 15 de fevereiro de 2011 aconteceu a ...

Com gasolina escassa, litro chega a quase R$ 5

Em Foz do Iguaçu, Infraero precisou estabelecer plano de contingência para manter reservas e em outros municípios, risco de escassez provocou correria nos postos de combustíveis...(Cr édito: Jornal de …

Sudoeste reúne mais de um terço dos bloqueios em rodovias do Paraná

... região Sudoeste do Paraná teve um pequeno aumento no número de barreiras ontem, apesar de algumas terem sido abertas na última quarta-feira (25). Segundo os relatórios das polícias, os bloqueios de Capanema e Salto do Lontra, ambos na PR 281 ...

COM GASOLINA ESCASSA, LITRO CHEGA A QUASE R$ 5 NO PARANÁ

O primeiro reflexo da greve dos caminhoneiros já está sendo sentido pela população. Sem a circulação dos caminhões, desde semana passada não há reposição do estoque de combustíveis nos postos. A esca…

Com gasolina escassa, litro chega a quase R$ 5 em postos do Estado do Paraná

Em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, os donos de postos estão cobrando R$ 4,40 pelo litro da gasolina. A falta de combustível já afeta outras cidades do Sudoeste, como Salto do Lontra, Marmeleiro e Nova Esperança do Sudoeste. Em Dois Vizinhos ...

COM GASOLINA ESCASSA,LITRO CHEGA A QUASE R$ 5 NO PARANÁ

O primeiro reflexo da greve dos caminhoneiros já está sendo sentido pela população. Sem a circulação dos caminhões, desde semana passada não há reposição do estoque de combustíveis nos postos. A escas…

Greve dos caminhoneiros faz litro da gasolina chegar a R$ 5 no Paraná

A greve dos caminhoneiros, iniciada na quarta-feira da semana passada, já traz reflexos negativos para a população. Sem a reposição no estoque de combustíveis nos postos, a escasses já começa a afetar…

GREVE DOS CAMINHONEIROS ELEVA PREÇO DA GASOLINA PARA R$ 5,00 EM ÁREAS ATINGIDAS PELO BOICOTE DE ESTRADAS NO PARANÁ

Além da interrupção da produção em duas fábricas da BRF no Paraná, outro reflexo da greve dos caminhoneiros já está sendo sentido pela população. Sem a circulação dos caminhões, desde semana passada …

COM GASOLINA ESCASSA, LITRO CHEGA A QUASE R$ 5 NO PARANÁ

Fonte: UOL O primeiro reflexo da greve dos caminhoneiros já está sendo sentido pela população. Sem a circulação dos caminhões, desde semana passada não há reposição do estoque de combustíveis nos post…

Motorista morre prensado em acidente próximo a Salto do Lontra

Caminhão tombou nas margens da PR 281 (Fotos. Gerson Thimótio/ Rede Massa) Na manhã desta sexta-feira, 13, um motorista morreu prensado nas ferragens de seu caminhão ao capotar na PR 281, na comunida…

Motorista morre na PR 281

Um motorista de caminhão morreu na manhã desta sexta-feira (13) na PR 281, entre Francisco Beltrão e Salto do Lontra. Alecsandro da Silva, 30 anos, foi esmagado pela cabine do caminhão, um Volkswagen …

Motorista morre na PR 281

Alecsandro da Silva, 30 anos, tombou um caminhão carregado de frangos Um motorista de caminhão morreu na manhã desta sexta-feira (13) na PR 281, entre Francisco Beltrão e Salto do Lontra. Alecsand…

Últimas notícias de SALTO DO LONTRA PR:

 Com gasolina escassa, litro chega a quase R$ 5 em postos do Estado do Paraná Em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, os donos de postos estão cobrando R$ 4,40 pelo litro da gasolina. A falta de combustível já afeta outras cidades do Sudoeste, como Salto do Lontra, Marmeleiro e Nova Esperança do Sudoeste. Em Dois Vizinhos ...

Abastecimento de combustível na região é afetado ... e Sudoeste do Paraná os postos estão sem combustíveis desde o último domingo e a situação é a mesma tanto em cidades como Francisco Beltrão, Pato Branco e Foz do Iguaçu quanto em municípios como Dois Vizinhos, Salto do Lontra, Marmeleiro ...

SALTO DO LONTRA PR tspan:3m SALTO DO LONTRA PR


Protesto deixa localidades do Oeste e Sudoeste sem combustíveis Cidades menores como Dois Vizinhos, Marmeleiro, Salto do Lontra ... é reflexo do protesto dos caminhoneiros, que no Oeste paranaense se iniciou na última terça-feira. A situação levou ontem o Sindicato dos Combustíveis do Paraná (Sindicombustíveis ...

Falta de gasolina eleva preço do litro a R$ 5 em Pato Branco Em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, os donos de postos estão cobrando R$ 4,40 pelo litro da gasolina. A falta de combustível já afeta outras cidades do Sudoeste, como Salto do Lontra, Marmeleiro e Nova Esperança do Sudoeste. Em Dois Vizinhos ...

Greve dos caminhoneiros faz litro da gasolina chegar a R$ 5 no Paraná Já em Francisco Beltrão, também no sudoeste do Paraná, o litro da gasolina está saindo por R$ 4,40. Salto do Lontra, Marmeleiro e Nova Esperança do Sudoeste são outros municípios afetados. Em Dois Vizinhos, o estoque de etanol terminou ainda no ...

Motorista sofre ferimentos em tombamento de caminhão Na manhã deste sábado (21) foi registrado o tombamento de um caminhão Volks caçamba carregado com pó de pedras, na rodovia PR-281 entre Santa Izabel do Oeste e Salto do Lontra, próximo a Fazenda Cotegipe. A Defesa Civil e o Samu foram chamados para ...

AB Notícias Paraná A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) assumiu o sistema de abastecimento ... Serão investidos R$ 2 milhões em Salto do Lontra, sudoeste do Estado, por meio da empresa Manfroi. O empreendimento é um frigorífico que deverá gerar 100 novas ...





Siga-nos e receba notícias e assuntos de interesse das cidades

Trabalho em SALTO DO LONTRA. Como fica o meu plano de saúde se for demitido?

Permanecer com o plano de saúde oferecido pela empresa após ser demitido, ainda que tenha que pagar por ele, pode representar um benefício significativo, principalmente considerando o fato de que firmar um contrato de plano de saúde individual tem se tornado uma tarefa cada vez mais difícil. Muitas operadoras colocam empecilhos para quem procura um plano apenas para si.

O artigo 30 da lei número 9656/98, que rege o assunto, prevê que no caso de rescisão ou exoneração do contrato de trabalho sem justa causa, “é assegurado o direito de manter sua condição de beneficiário, nas mesmas condições de cobertura assistencial de que gozava quando da vigência do contrato de trabalho, desde que assuma seu pagamento integral”, diz um trecho da lei.

Mas, para que o ex-funcionário possa manter este benefício, ele precisa ter contribuído, total ou parcialmente, com o plano de saúde empresarial, explica a advogada Camila de Oliveira Santos, do escritório Maluf e Moreno Advogados Associados. “O empregado deve informar o interesse de permanecer com o plano, no prazo máximo de 30 dias após a formalização da dispensa”, diz Camila. E cabe à empregadora comunicar ao trabalhador a existência dessa possibilidade.

Em relação ao período de permanência após a rescisão do contrato, a lei obriga as empresas a manter os ex-funcionários por um prazo de até dois anos. O tempo de permanência previsto na legislação é equivalente a um terço do período que o funcionário permaneceu na organização. “Entretanto, existe um prazo mínimo (que é de seis meses) e máximo (24 meses) de permanência”, sinaliza Camila. Logo, mesmo o trabalhador que tiver ficado pouco tempo na organização terá direito a no mínimo meio ano de cobertura. Contudo, o benefício cessa caso o trabalhador obtenha novo emprego que lhe forneça outro plano de saúde.

Camila explica ainda que a lei também se aplica a quem se aposenta. Nesses casos, quem possui um plano de saúde por um período igual ou superior a dez anos tem direito a permanecer com o benefício nos mesmos moldes por prazo indeterminado, desde que assuma o pagamento integral do plano. Já quem está no plano há menos de dez anos pode estender o benefício pelo prazo equivalente ao que permaneceu nele.

Impactos para as empresas

Ainda que as organizações não sejam obrigadas a custear qualquer valor para o ex-funcionário que escolhe a extensão do benefício, , essa opção pode ter reflexos no valor do contrato que as empresas mantêm com as operadoras de planos de saúde empresarial. Isso porque esses contratos, geralmente, possuem cláusula de sinistralidade, ou seja, o contrato prevê uma margem de utilização. “Por mais que o ex-funcionário passe a pagar pelo plano, ele continua a integrar a apólice da empresa, o que pode contribuir para que a margem de utilização seja ultrapassada”, explica Camila. Segundo ela, no momento de renovar o contrato, as operadoras costumam reajustar o valor em até 100% por causa da cota excedida.

A desvantagem iminente tem feito algumas empresas estudarem formas de efetuar mudanças nos desenhos de seus planos, a fim de evitar a obrigatoriedade de estendê-los para seus ex-empregados. É o que mostra um estudo feito pela consultoria Watson Wyatt, com cerca de 170 empresas de diferentes portes e segmentos.

Segundo a pesquisa, mais de 60% das empresas estão condicionadas à lei. Desse total, 13% afirmam já ter tomado providências para não precisarem mais beneficiar quem não integra seu quadro. Elas alegam que o custo criado pelos inativos não é corretamente avaliado para fins contábeis, especialmente quando ele está na mesma apólice dos ativos, o que ocorre em 76% dos casos.

Além dos impactos na sinistralidade do contrato, essa situação pode implicar em subsídio indireto da empresa e dos empregados ativos, uma vez que a tendência é que os participantes de idade mais avançada criem despesas mais elevadas. Dentre as pesquisadas, 29% já precisaram assumir parte dos custos do plano médico dos inativos e pelo menos 5% sofreram ações judiciais por conta dos valores cobrados, uma vez que estes números costumam ser superiores aos debitados do trabalhador enquanto estava na empresa.

Fonte: www.canalrh.com.br - Por: Leandro Fernandes

www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/jornal92/economia_plano_saude.aspx [0]




Como se proteger do câncer em SALTO DO LONTRA

Não fume! Essa é a regra mais importante para prevenir o câncer, principalmente os de pulmão, boca, laringe, faringe e esôfago. Ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes. Parar de fumar e de poluir o ambiente fechado é fundamental para a prevenção do câncer.

Alimentação saudável protege contra o câncer. Deve ser variada, equilibrada, saborosa, respeitar a cultura e proporcionar prazer e saúde. Frutas, legumes, verduras, cereais integrais e feijões são
os principais alimentos protetores. Comer esses alimentos diariamente pode evitar o desenvolvimento de câncer. O aleitamento materno é a primeira alimentação saudável. A amamentação exclusiva até os seis meses de vida protege as mães contra o câncer de mama e as crianças contra a obesidade infantil. A partir de então, a criança deve ser amamentada e receber outros alimentos saudáveis até os dois anos ou mais.

Pratique atividades físicas como parte da rotina diária. A atividade física consiste na iniciativa de se movimentar, de acordo com a rotina de cada um. Você pode, por exemplo, caminhar, dançar, trocar o elevador pelas escadas, levar o cachorro para passear, cuidar da casa ou do jardim.

Estar acima do peso aumenta as chances de uma pessoa desenvolver câncer. Por isso, é importante controlar o peso por meio de uma boa alimentação e manter-se ativo.

As mulheres entre 25 e 64 anos devem fazer o exame preventivo ginecológico a cada três anos. Tão importante quanto fazer o exame é saber o resultado e seguir as orientações médicas.
As mulheres com 40 anos ou mais devem se submeter ao exame clínico das mamas anualmente. Aquelas que estiverem entre 50 e 69 anos devem ainda realizar a mamografia a cada
dois anos. Em caso de alterações suspeitas nas mamas, a mulher precisa procurar um médico.

Evite a ingestão de bebidas alcoólicas. Seu consumo, em qualquer quantidade, aumenta o risco de desenvolver câncer. Além disso, combinar bebidas alcoólicas com o tabaco aumenta ainda mais a possibilidade do surgimento da doença.

Evite exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h, e use sempre proteção adequada, como chapéu, barraca e protetor solar, inclusive nos lábios. Se for inevitável a exposição ao sol durante
a jornada de trabalho, use chapéu de aba larga, camisa de manga longa e calça comprida.

Fumo, bebidas alcoólicas, exposição prolongada ao sol, alimentação gordurosa também estão relacionados ao câncer de boca. Fique alerta a qualquer lesão na boca que não cicatrize por mais de 15 dias.

Alguns tipos de vírus, bactérias e parasitas associados a infecções crônicas estão presentes no processo de desenvolvimento do câncer, com destaque para o papilomavírus
humano (HPV).
Além de outras estratégias de prevenção, o uso de preservativos pode contribuir na prevenção da infecção pelo HPV, associada ao câncer do colo do útero, pênis, ânus, orofaringe e boca.

[17]



Previsão do Tempo


promovida pela Comissão da Agricultura da Assembléia Legislativa do Paraná, em Curitiba. Mais três pequenas empresas de facção de Salto do Lontra foram inclusas no Programa Municipal de Emprego e Renda. No dia 15 de fevereiro de 2011 aconteceu a ...



Sudoeste reúne mais de um terço dos bloqueios em rodovias do Paraná


... região Sudoeste do Paraná teve um pequeno aumento no número de barreiras ontem, apesar de algumas terem sido abertas na última quarta-feira (25). Segundo os relatórios das polícias, os bloqueios de Capanema e Salto do Lontra, ambos na PR 281 ...
Com gasolina escassa, litro chega a quase R$ 5 em postos do Estado do Paraná Em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, os donos de postos estão cobrando R$ 4,40 pelo litro da gasolina. A falta de combustível já afeta outras cidades do Sudoeste, como Salto do Lontra, Marmeleiro e Nova Esperança do Sudoeste. Em Dois Vizinhos ...
Abastecimento de combustível na região é afetado ... e Sudoeste do Paraná os postos estão sem combustíveis desde o último domingo e a situação é a mesma tanto em cidades como Francisco Beltrão, Pato Branco e Foz do Iguaçu quanto em municípios como Dois Vizinhos, Salto do Lontra, Marmeleiro ...
Protesto deixa localidades do Oeste e Sudoeste sem combustíveis Cidades menores como Dois Vizinhos, Marmeleiro, Salto do Lontra ... é reflexo do protesto dos caminhoneiros, que no Oeste paranaense se iniciou na última terça-feira. A situação levou ontem o Sindicato dos Combustíveis do Paraná (Sindicombustíveis ...
Falta de gasolina eleva preço do litro a R$ 5 em Pato Branco Em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, os donos de postos estão cobrando R$ 4,40 pelo litro da gasolina. A falta de combustível já afeta outras cidades do Sudoeste, como Salto do Lontra, Marmeleiro e Nova Esperança do Sudoeste. Em Dois Vizinhos ...

Uma grande mudança no setor de embalagens. Como isso afeta SALTO DO LONTRA ?

Por: Cristina Ávila - Edição: Vicente Tardin

A análise jurídica do texto do acordo setorial para a implantação do sistema de logística reversa de "embalagens em geral" deverá estar pronta nos próximos dias, e em seguida seguirá para o chamado “grupo de coalizão”, como se autodenominam as 22 associações que representam comércio, indústria e distribuidores de produtos domésticos, como alimentos e bebidas. O setor deverá voltar a discutir a redação ainda em fevereiro.

“Essa nova discussão será muito importante para finalizar esse acordo setorial. Os próximos dias serão decisivos para as negociações com os setores que devem cumprir a logística reversa”, acentua a diretora de Ambiente Urbano do MMA, Zilda Veloso.

O texto do acordo foi submetido à consulta pública, entre 15 de setembro e 15 de outubro do ano passado, e foram recebidas mais de 900 sugestões de alterações. A intensa participação trouxe opiniões de representantes de municípios, recicladores, órgãos ambientais e sociedade civil.

“Essencialmente, o Ministério do Meio Ambiente media as negociações para que seja feita a separação de materiais seco e orgânico, a redução de resíduos e o encaminhamento de embalagens para o mercado de reciclagem”, explica Zilda.

Atingir essa meta é um bom negócio em todos os sentidos. A diretora comenta que no Brasil cerca de 50% do descarte é lixo orgânico, 35% lixo seco e os outros 15% são outros materiais, incluindo os rejeitos (que não têm possibilidade de reciclagem, ou por questões técnicas ou econômicas de cada região). Do lixo seco, cerca de 70% são embalagens.

SUCESSO

Esse será o terceiro acordo setorial definido entre as cinco cadeias produtivas que serão responsáveis pela logística reversa prevista pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/10). As cinco cadeias foram definidas pelo Comitê Orientador da Logística Reversa (Cori), composto pelos Ministérios do Meio Ambiente, Fazenda, Indústria e Comércio, Saúde e Agricultura.

No ano passado, o setor privado assinou contrato para a destinação de lâmpadas. E o acordo para o correto descarte de embalagens de lubrificantes já está funcionando na prática. Em 2005, o setor criou uma entidade gestora, que cresceu e se transformou no Instituto Jogue Limpo. Hoje presente em 14 estados e no Distrito Federal, já supera 330 milhões de embalagens encaminhadas para reciclagem.

PRÓXIMOS PASSOS

As expectativas a partir de agora serão os acordos dos setores de medicamentos e de eletroeletrônicos. Importadores, fabricantes e o comércio varejista de remédios estão em negociação e devem apresentar propostas no início deste ano. E o setor de eletroeletrônicos apresentou reivindicações que ainda estão sendo analisadas.

“Depois que concluirmos esses acordos, passaremos a rever os acordos que foram feitas por outras cadeias produtivas, antes da Lei 12.305”, afirma Zilda Veloso. Ela se refere aos setores de agrotóxicos, pneus, lubrificantes, pilhas e baterias.

A diretora de Ambiente Urbano comenta que o setor de agrotóxicos consegue recolher mais de 94% das embalagens que são colocadas pela indústria no comércio. Fato que ela considera inédito no mundo. A “Lei dos Agrotóxicos” (Lei 7.802/89) foi sancionada em 1989, e em 2000 foi alterada para incluir a obrigação de reciclagem de embalagens. Até então os agricultores enterravam, queimavam, jogavam nos rios ou nas lavouras, com riscos para o meio ambiente e para a saúde.[12]


Como está a situação dos motoristas bêbados em SALTO DO LONTRA?

A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) mostra que aproximadamente um quarto dos brasileiros que dirige insiste em desobedecer à lei e colocar a vida em risco.

Segundo o levantamento, 24,3% dos motoristas afirmam que assumem a direção do veículo após ter consumido bebida alcoólica. No Brasil, a violência no trânsito é uma das principais causas de mortes. Em 2014, foram registradas 172.780 mil internações relacionadas a acidentes de trânsito.

O comerciante Francisco de Assis Pinheiro, 38 anos, natural do Rio de Janeiro, faz parte dessa estatística. Ele sofreu um grave acidente quando voltava de uma festa após ter bebido álcool. “Não andei nem 300 metros e em uma curva bati em outro carro. Eu estava sem cinto, fraturei o osso da região da bacia e estou sem andar. Aprendi a lição. Não se deve beber e dirigir”, lembra o comerciante.

E quanto maior o consumo, maior os riscos. O brasileiro, segundo a pesquisa, costuma exagerar. Do total de entrevistados, 13,7% bebeu álcool de forma abusiva nos últimos 30 dias, o que representa a ingestão de quatro ou mais doses para mulheres ou cinco ou mais doses para homens em uma única ocasião.

Entre os homens o índice chega a 21,6%, enquanto essa proporção no público feminino foi de 6,6%. A PNS foi realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE), no período de julho de 2013 a fevereiro de 2014.

Entre 2010 e 2013, ocorreram mais de 313 mil internações no Sistema Único de Saúde (SUS) decorrentes do alcoolismo. São gastos, em média, cerca de R$ 60 milhões por ano com pessoas dependentes do álcool.

Efeitos

O álcool é uma droga psicotrópica que atua no sistema nervoso central, podendo causar dependência e mudança no comportamento. O álcool consumido de forma abusiva pode causar malefícios à saúde, como por exemplo, doenças cardiovasculares, câncer, além dos graves acidentes de trânsito.

Adolescentes conseguem comprar álcool

A incidência de consumo de bebidas alcoólicas entre os jovens é outra preocupação do Ministério da Saúde. Com o período do Carnaval, os jovens em busca de diversão podem ignorar os malefícios do álcool e beber intensivamente durante os dias de folia.

A partir da iniciação, o adolescente se torna mais vulnerável à repetição deste hábito.“Crianças e adolescentes não devem em hipótese alguma fazer o uso de álcool. O consumo afeta a maturidade cerebral, o aprendizado, a memória e pode prejudicar seriamente o desenvolvimento dos jovens”, ressalta Deborah Malta.

Os dados alertam para a forma como esses jovens têm acesso ao uso das bebidas. Apesar da venda proibida em todo o país para quem tem menos de 18 anos, a pesquisa mostra que um em cada cinco (21,9%) adolescentes consegue comprar álcool por conta própria.

Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, a prática é crime e o comerciante que for pego vendendo a bebida pode ser punido. No entanto, o estudo revela que parte dos adolescentes (10 a 12%) consegue a bebida no ambiente doméstico e na companhia de parentes. [23]



*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados. Selecionamos as principais notícias da cidade de SALTO DO LONTRA PR. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura. O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento. Tags: Últimas Notícias, SALTO DO LONTRA PR, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora há Pouco, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.