BLOG DE NOTICIAS DE OURO VERDE

Últimas notícias e assuntos de interesse da cidade



Perfil de Luiz Antonio Água Verde - Caroline Drula, Juliana Monteiro e Karina Aluk foram ... O fogo da paixão tem mais força dessa vez", revelou o premiado cantor, ganhador de 2.600 discos de platina e ouro. A união das empresas Lens Events, New York Brazil e LCS ...
Joseanne e Fabrício levam prata no Brasileiro Sub-23 de judô Foi beneficiada nas quartas-de-final com a saída de Ana Martins (RS). Na semifinal, derrotou Lucia Oviedo (SC) por Ippon. Na disputa pelo ouro, acabou vencida por Bianca Gonçalves (RJ). Fabrício Alves começou o dia batendo Raul Feitosa (RR) e Gabriel ...

Últimas notícias de OURO VERDE SC:

Arquivo da tag: moda Folhagens, tucanos e araras, além do mix de verde-bandeira, azul, amarelo e outros formam ... Estudos da Universidade Estadual de Santa Catarina comprovaram que quem costuma andar de bicicleta ao ar livre, por exemplo, queima até 50% a mais de calorias ...
Rede AgriPoint recebe visita de usuários de 75 países diferentes nos últimos 30 dias feito em parceria com a Embrapa Gado de Leite e o Instituto Ouro Verde, com o patrocínio do Sebrae-DF, MDA, CBCL e OCB. Outra iniciativa bem sucedida da AgriPoint é a realização de eventos presenciais no segmento leiteiro. Já foram realizados 9 ...


Em 2015, plano é privatizar 3 aeroportos Constam ainda das receitas extraordinárias, a arrecadação com a concessão do porto de Imbituba (SC) por 30 anos (R$ 200 milhões) e de duas ferrovias: Oeste-Leste (Ilhéus/BA-Barreir as/BA), de R$ 3,5 bilhões, e Norte-Sul (Ouro Verde/GO-Estrela D’Oes ...
Ultramaratonistas terminam ensaio para os 100 kms de Millau Adilson Spencer (Boa Vista), José Cabral, Augusto Gama e Nataniel Moreira (Cidade da Praia), Danielson Pereira (Santa Catarina de Santiago ... já habituado a vitórias nas provas do género, Cabo Verde leva uma “equipa moralizada”, já que, a ...
Microcrédito já injetou R$ 439 milhões na economia gaúcha no estado de Santa Catarina através de três (3) contratos e liberação de R$ 16.808,07 para empreendedores cooperativados. Cabe ao agente de oportunidade acompanhar o planejamento e a execução para tornar viável o negócio projetado. Podem ser ...

Tempo e Temperatura: Rede AgriPoint recebe visita de usuários de 75 países diferentes nos últimos 30 dias feito em parceria com a Embrapa Gado de Leite e o Instituto Ouro Verde, com o patrocínio do Sebrae-DF, MDA, CBCL e OCB. Outra iniciativa bem sucedida da AgriPoint é a realização de eventos presenciais no segmento leiteiro. Já foram realizados 9 ...
Em 2015, plano é privatizar 3 aeroportos Constam ainda das receitas extraordinárias, a arrecadação com a concessão do porto de Imbituba (SC) por 30 anos (R$ 200 milhões) e de duas ferrovias: Oeste-Leste (Ilhéus/BA-Barreir as/BA), de R$ 3,5 bilhões, e Norte-Sul (Ouro Verde/GO-Estrela D’Oes ...
Canoinhas completa 103 anos de emancipação Nesta sexta-feira também começa o 8º Rodeio Crioulo Interestadual, promovido pelo CTG Presilha do Contestado, no Parque de Exposições Ouro Verde. O rodeio inicia às 14h e segue até domingo (14). A comunidade da Vila Fuck também está preparando ...
Coluna OnLine com Jefferson Severino A SANTUR mostrará o Estado de Santa Catarina que abriga mais de sete milhões de habitantes que vivem em 295 diferentes municípios, incluindo a capital Florianópolis. Os catarinenses – também conhecidos pelo gentílico de barriga-verde – são benef ...
Perfil de Luiz Antonio Água Verde - Caroline Drula, Juliana Monteiro e Karina Aluk foram ... O fogo da paixão tem mais força dessa vez", revelou o premiado cantor, ganhador de 2.600 discos de platina e ouro. A união das empresas Lens Events, New York Brazil e LCS ...
Joseanne e Fabrício levam prata no Brasileiro Sub-23 de judô Foi beneficiada nas quartas-de-final com a saída de Ana Martins (RS). Na semifinal, derrotou Lucia Oviedo (SC) por Ippon. Na disputa pelo ouro, acabou vencida por Bianca Gonçalves (RJ). Fabrício Alves começou o dia batendo Raul Feitosa (RR) e Gabriel ...
Arquivo da tag: moda Folhagens, tucanos e araras, além do mix de verde-bandeira, azul, amarelo e outros formam ... Estudos da Universidade Estadual de Santa Catarina comprovaram que quem costuma andar de bicicleta ao ar livre, por exemplo, queima até 50% a mais de calorias ...
Rede AgriPoint recebe visita de usuários de 75 países diferentes nos últimos 30 dias feito em parceria com a Embrapa Gado de Leite e o Instituto Ouro Verde, com o patrocínio do Sebrae-DF, MDA, CBCL e OCB. Outra iniciativa bem sucedida da AgriPoint é a realização de eventos presenciais no segmento leiteiro. Já foram realizados 9 ...
Deslizamento de terra em barragem deixa pelo menos três mortos em MG Pelo menos 21 militares sediados no município, em Ouro Preto e Belo Horizonte trabalham no local ... Em 2001, o rompimento de uma barragem da Mineração Rio Verde matou cinco operários, destruiu a principal via de acesso e soterrou parte de São ... 
Começa a fiscalização de embarque e desembarque de alunos em corredor de ônibus em Joinville O polêmico embarque e desembarque de alunos do colégio Santos Anjos no corredor de ônibus da avenida JK, no Centro de Joinville, começou a ser fiscalizado ontem. A discussão que iniciou há três anos voltou à tona na semana passada e ganhou força ...
Dez pessoas morrem em acidentes de trânsito em SC no domingo O domingo (21) foi violento nas rodovias de Santa Catarina, com pelo menos 10 mortos. Acidentes foram registrados no Litoral Norte, Oeste, Norte, Sul e Vale do Itajaí. Nesta segunda (22), houve também uma morte por atropelamento na BR-101. Por volta de ...
Fecomércio SC entrega Carta do Comércio a candidatos ao governo do Estado Nesta segunda-feira a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio SC) promoveu um Painel com Cláudio Vignatti, Eduardo Moreira (representando Raimundo Colombo) e Paulo Bauer, candidatos ao governo do Estado.
Inverno chega ao fim em SC com temperaturas negativas O último dia do inverno foi marcado pelo frio abaixo de zero e por geada na região serrana de Santa Catarina. A estação que se despede hoje foi marcada por chuva histórica e massas de ar frio que duraram poucos dias. A estação mais fria do ano se ...
Colisão entre carros deixa 3 adultos e 1 criança mortos no Oeste de SC A colisão transversal entre dois automóveis em Palma Sola, no Oeste de Santa Catarina, deixou quatro mortos no domingo (21), incluindo uma criança. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o acidente ocorreu após uma ultrapassagem forçada de um ...
Violência no trânsito: fim de semana tem ao menos 15 mortes em acidentes em SC No dia mundial sem carro, tivemos más notícias do trânsito. Em um fim de semana violento, ao menos 11 acidentes graves aconteceram nas estradas catarinenses. Só nas rodovias federais e estaduais 15 pessoas morreram entre as 18h de sexta-feira e a ...
SC se despede do inverno com tempo seco e céu aberto até o meio da semana O sol forte e o tempo seco observados em SC neste domingo deverão se manter até, pelo menos, o meio da semana, quando uma nova frente fria volta a trazer chuva e derrubar temperaturas em todo o Estado. Nesta segunda-feira o céu permanece aberto, mas na ...

OURO VERDE SC tspan:3m OURO VERDE SC

Quem é o maior culpado pelo fogo nas matas?

A atividade humana é uma das principais causas de queimadas nesta época do ano. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 90% dos incêndios florestais têm de origem antrópica - fruto da ação do homem. Na grande parte dos casos, decorrem do uso incorreto do fogo para a renovação de pastagens, da caça e de ações criminosas em represália à criação e gestão de unidades de conservação. Em menor escala, há casos de queimadas que começam, de maneira natural, por conta de raios.

O território atingido pelos incêndios florestais tem apresentado aumento. De acordo com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a queima proposital de resíduos sólidos perto de áreas verdes é o motivo mais recorrente dos incêndios atendidos no periodo de os chamados na capital federal. Apenas em junho deste ano, 395,16 hectares de vegetação foram consumidos pelo fogo - aumento de 77,8% em relação aos 222,23 hectares verificados em junho de 2013.

Brigadistas

Para lutar contra os focos de incêndios florestais, o governo federal adotou medidas como o reforço do efetivo que atua em campo. Ao todo, 1.589 brigadistas foram contratados para formar as grupos do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo) em todo o País. Os profissionais ficam em pontos estratégicos nas Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste e se concentram em atividades de prevenção e mnuseio nas unidades de convenção.

Do total, 175 brigadistas atuam nas unidades de conservação federais contempladas pelo projeto Cerrado-Jalapão, em Tocantins, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em cooperação com o governo alemão e em parceria com o ICMBio e outros órgãos. “As grupos fazem a prevenção por meio de aceiros (desbaste de um terreno em volta de matas para impedir propagação de incêndios) e participam das atividades de pesquisa”, explica a analista ambiental do ICMBio, Ângela Garda.

O efetivo desempenha um trabalho contínuo de prevenção, combate e conscientização nas áreas de maior risco. “Os brigadistas têm papel fundamental no resultado das ações de mnuseio integrado do fogo, pois não são apenas combatentes de incêndio, são agentes comunitários de sensibilização e se envolvem na queima controlada, educação ambiental e pesquisa”, justifica Ângela. Segundo ela, a meta é reduzir a área atingida pelas queimadas com a implantação do mnuseio integrado e adaptativo do fogo. “(Os incêndios) são ameaças à proteção do patrimônio natural”, alerta.

Jipes

Veículos especiais são usados pelas grupos de prevenção e combate ao fogo. Na região do Jalapão, quatro marruás – jipes desenvolvidos para operações militares – fazem o transporte de brigadistas e materiais a pontos de complicado acesso nas unidades de conservação. A aquisição somou o investimento de R$ 800 mil, financiados pelo projeto Cerrado-Jalapão. Os automóveis tornaram o trabalho mais eficiente nas unidades de conservação, já que deslocam as grupos com mais rapidez e tranquilança aos focos de incêndio e áreas estratégicas para ações de prevenção.

A nível nacional, o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado) é a ferramenta estratégica de combate aos incêndios florestais no bioma. O documento traça ações táticas e operacionais que são implantadas por meio da articulação entre União, Estados, municípios, sociedade civil, setor empresarial e universidades.

Fique atento

Veja como ajudar a evitar queimadas:

- Não jogue bitucas de cigarro pela janela do carro

- Não fume em matas e locais com muita vegetação

- Impeça crianças de brincar com fogo em áreas verdes

- Evite fazer fogueiras em áreas de vegetação

Como funciona?

Confira os principais elementos nos casos de incêndios florestais:

- O combate busca suprimir o chamado triângulo do fogo: calor, oxigênio e combustível (vegetação, no caso das queimadas)

- Para os incêndios de pequenas proporções, as brigadas usam abafador, bomba costal e motobomba

- Diante de queimadas de maiores proporções, são aplicados recursos como caminhão-pipa, helicópteros e aviões agrícolas para aspersão de água

Saiba mais sobre o Cerrado

Segundo maior bioma da América do Sul, o Cerrado ocupa 24% do território brasileiro, em uma área total de cerca de 2 milhões de km2. Está presente no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Bahia, Piauí, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, o que soma 1.330 municípios. Nessa região, ficam as nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul (Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata).

Em decorrência da diversidade biológica, o Cerrado é caracterizado como a savana mais rica do mundo. Ao todo, 11.627 espécies de plantas nativas, 199 diferentes mamíferos e 837 exemplares distintos da avifauna habitam o bioma, ademais de 1,2 mil espécies de peixes, 180 répteis e 150 anfíbios. O cerrado conta, ainda, com diversas populações que sobrevivem de seus recursos naturais, incluindo etnias indígenas, quilombolas, ribeirinhos e outros povos tradicionais.

[26]





EM OURO VERDE tspan:3m EM OURO VERDE

Quem é o maior culpado pelo fogo nas matas?

A atividade humana é uma das principais causas de queimadas nesta época do ano. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 90% dos incêndios florestais têm de origem antrópica - fruto da ação do homem. Na grande parte dos casos, decorrem do uso incorreto do fogo para a renovação de pastagens, da caça e de ações criminosas em represália à criação e gestão de unidades de conservação. Em menor escala, há casos de queimadas que começam, de maneira natural, por conta de raios.

O território atingido pelos incêndios florestais tem apresentado aumento. De acordo com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a queima proposital de resíduos sólidos perto de áreas verdes é o motivo mais recorrente dos incêndios atendidos no periodo de os chamados na capital federal. Apenas em junho deste ano, 395,16 hectares de vegetação foram consumidos pelo fogo - aumento de 77,8% em relação aos 222,23 hectares verificados em junho de 2013.

Brigadistas

Para lutar contra os focos de incêndios florestais, o governo federal adotou medidas como o reforço do efetivo que atua em campo. Ao todo, 1.589 brigadistas foram contratados para formar as grupos do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo) em todo o País. Os profissionais ficam em pontos estratégicos nas Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste e se concentram em atividades de prevenção e mnuseio nas unidades de convenção.

Do total, 175 brigadistas atuam nas unidades de conservação federais contempladas pelo projeto Cerrado-Jalapão, em Tocantins, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em cooperação com o governo alemão e em parceria com o ICMBio e outros órgãos. “As grupos fazem a prevenção por meio de aceiros (desbaste de um terreno em volta de matas para impedir propagação de incêndios) e participam das atividades de pesquisa”, explica a analista ambiental do ICMBio, Ângela Garda.

O efetivo desempenha um trabalho contínuo de prevenção, combate e conscientização nas áreas de maior risco. “Os brigadistas têm papel fundamental no resultado das ações de mnuseio integrado do fogo, pois não são apenas combatentes de incêndio, são agentes comunitários de sensibilização e se envolvem na queima controlada, educação ambiental e pesquisa”, justifica Ângela. Segundo ela, a meta é reduzir a área atingida pelas queimadas com a implantação do mnuseio integrado e adaptativo do fogo. “(Os incêndios) são ameaças à proteção do patrimônio natural”, alerta.

Jipes

Veículos especiais são usados pelas grupos de prevenção e combate ao fogo. Na região do Jalapão, quatro marruás – jipes desenvolvidos para operações militares – fazem o transporte de brigadistas e materiais a pontos de complicado acesso nas unidades de conservação. A aquisição somou o investimento de R$ 800 mil, financiados pelo projeto Cerrado-Jalapão. Os automóveis tornaram o trabalho mais eficiente nas unidades de conservação, já que deslocam as grupos com mais rapidez e tranquilança aos focos de incêndio e áreas estratégicas para ações de prevenção.

A nível nacional, o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado) é a ferramenta estratégica de combate aos incêndios florestais no bioma. O documento traça ações táticas e operacionais que são implantadas por meio da articulação entre União, Estados, municípios, sociedade civil, setor empresarial e universidades.

Fique atento

Veja como ajudar a evitar queimadas:

- Não jogue bitucas de cigarro pela janela do carro

- Não fume em matas e locais com muita vegetação

- Impeça crianças de brincar com fogo em áreas verdes

- Evite fazer fogueiras em áreas de vegetação

Como funciona?

Confira os principais elementos nos casos de incêndios florestais:

- O combate busca suprimir o chamado triângulo do fogo: calor, oxigênio e combustível (vegetação, no caso das queimadas)

- Para os incêndios de pequenas proporções, as brigadas usam abafador, bomba costal e motobomba

- Diante de queimadas de maiores proporções, são aplicados recursos como caminhão-pipa, helicópteros e aviões agrícolas para aspersão de água

Saiba mais sobre o Cerrado

Segundo maior bioma da América do Sul, o Cerrado ocupa 24% do território brasileiro, em uma área total de cerca de 2 milhões de km2. Está presente no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Bahia, Piauí, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, o que soma 1.330 municípios. Nessa região, ficam as nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul (Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata).

Em decorrência da diversidade biológica, o Cerrado é caracterizado como a savana mais rica do mundo. Ao todo, 11.627 espécies de plantas nativas, 199 diferentes mamíferos e 837 exemplares distintos da avifauna habitam o bioma, ademais de 1,2 mil espécies de peixes, 180 répteis e 150 anfíbios. O cerrado conta, ainda, com diversas populações que sobrevivem de seus recursos naturais, incluindo etnias indígenas, quilombolas, ribeirinhos e outros povos tradicionais.

[27]

“Não é aconselhável comer carne vermelha todo dia. É preciso variar com carnes brancas ou carne de soja. Peixes são excelentes para ajudar no controle do colesterol. E se for consumir carne vermelha é melhor que não seja frita.”

Escolhas saudáveis na alimentação controla o colesterol

O colesterol – quando está alto – é um fator de risco que facilita a aparição de várias doenças, como, por exemplo, a arteriosclerose, a isquemia cerebral e infartos.

Segundo a nutricionista Maria Emília França, do Hospital Federal Cardoso Fonte, no Rio de Janeiro, o colesterol é um conjunto de gorduras necessário para o organismo exercer algumas funções, como a produção de determinados hormônios. Portanto, precisamos dele, mas é preciso ingeri-lo de forma equilibrada para manter as taxas regulares.

Alimentação saudável

Maria Emília alertou para o perigo de vários alimentos, em especial o consumo de carnes muito gordurosas, como carne de porco e linguiças, mas também queijo amarelo, biscoitos, pizzas, salgados e comidas fritas. “Não é aconselhável comer carne vermelha todo dia. É preciso variar com carnes brancas ou carne de soja. Peixes são excelentes para ajudar no controle do colesterol. E se for consumir carne vermelha é melhor que não seja frita.”, sugere Maria.

Entre os alimentos que ajudam a regular o colesterol, a profissional cita principalmente os ricos em fibra, como aveia, alimentos integrais em geral (pão, arroz, macarrão), castanhas e nozes. Ainda enfatizou a importância das frutas, principalmente as vermelhas (morango, goiaba, acerola), mas também uva. “Deve-se comer de 3 a 4 porções de frutas por dia”, recomenda Maria Emília. Legumes e verduras também devem ser alimentos diários na mesa das pessoas. Porém, lembra Emília, esses alimentos tem que entrar na dieta junto com a retirada dos mais gordurosos. “Comer pizza, ir ao fast-food, comer enlatados e congelados não tem problema quando é eventualmente. O problema é trocar sua refeição tradicional por hambúrguer. A frequência exagerada do consumo desses alimentos é o que está adoecendo as pessoas”, explica.

Mesmo com todos os cuidados com a alimentação, fica difícil controlar o colesterol sem aliar com as atividades físicas. “Quando você começa a usar atividade física você gasta a gordura acumulada e baixa o colesterol. É mais difícil controlar sem atividade física”, ressalta Maria Emília.

Mesmo quem não costuma comer muitos alimentos industrializados e gordurosos pode ter problemas com o colesterol. Além desses fatores, a hereditariedade pode determinar um colesterol alto mesmo em pessoas de hábitos saudáveis.

Esse é o caso da enfermeira Tochie Massuda. Descendente de japoneses, sempre teve uma vida alimentar baseada, principalmente, em verduras e legumes. Uma dieta pobre em gorduras, sal, praticamente sem frituras e com baixo consumo de carnes. Há três anos, nos seus exames preventivos anuais, ela descobriu que o colesterol estava alto e, sem conseguir abaixá-lo, mesmo praticando exercícios assiduamente, teve então que recorrer aos medicamentos.

“Se eu não tivesse passado pelo meu (exame) preventivo eu nem sabia que estava com o colesterol elevado. Tanto que nas minhas atividades físicas eu não sinto nada. O perigo do colesterol alto é não sentir nada e quando você se depara já está com as artérias entupidas e pode até ter um enfarto que não esperava”, relata Tochie.

O médico de Tochie apontou então o fator hereditário como o causador do desequilíbrio, uma vez que sua mãe e seus irmãos também têm colesterol elevado. Mesmo o fator hereditário sendo importante, não podemos esquecer do fator alimentação e exercícios, além do cigarro e excesso de bebida alcoólica.

Para manter o colesterol controlado e a saúde em dia, faça exames regulares, mantenha uma alimentação saudável e pratique exercícios físicos.

[7]

Moradores daqui precisam entender o perigo de tomar remédios sem receita médica

Costume pode fomentar a resistência de microorganismos e causar reações e dependência

Hábito pode aumentar a resistência de microorganismos e causar reações e dependência

A automedicação pode trazer consequências graves à saúde, como reações alérgicas e dependência. Além disso, de acordo com o Ministério da Saúde, o costume pode fomentar a resistência de microorganismos e inibir a eficácia dos remédios.

De acordo com o Ministério da Saúde, nos últimos cinco anos, quase 60 mil casos de internações por automedicação foram registrados no Brasil.

O estudante Stuart Figueredo, por exemplo, tem bronquite asmática e compra os medicamentos sem receita médica para tratar a doença. Ele conta que já percebeu os efeitos da automedicação. "Eu compro bombinha, inalador, para melhorar da asma, e já tem tanto tempo que eu faço essa automedicação que às vezes o remédio não surte tanto efeito. Já tiveram algumas situações em que o uso da bombinha ou então do inalador, da nebulização, não surtiu efeito que eu precisava. Eu precisava de verdade ir no hospital e fazer o tratamento correto para que eu pudesse sarar daquele sintoma", conta.

Segundo o secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, Carlos Gadelha, optar pela automedicação pode trazer consequências graves para a saúde. "Pode matar, os excessos de medicamentos ou às vezes o uso prolongado de um medicamento. Os efeitos colaterais, os efeitos adversos. Basta ler as bulas, vocês vão ver que todos os medicamentos, eles podem ter efeitos adversos. O uso indevido de medicamentos, ele pode piorar a qualidade de vida em vez de melhorar a qualidade de vida se ele for utilizado inadequadamente", reforça.

[25]

Quando um parente saca aposentadoria de morto está cometendo crime de estelionato

Sempre que um segurado da Previdência Social – que recebe algum tipo de benefício, como aposentadoria, pensão por morte, amparo social, entre outros – vem a  falecer, é responsabilidade da família e dos cartórios civis, que emitem a certidão de óbito, informar a morte ao INSS, para que haja suspensão do pagamento do benefício.

Caso o segurado falecido recebesse uma Aposentadoria ou um Auxílio Doença  e tenha dependentes (esposa/o, companheiro/a, filhos menores de idade ou inválidos, ou, na falta destes, o pais), a família deve  agendar o pedido de Pensão por Morte, pela Central 135 ou pela página eletrônica da Previdência Social, www.previdencia.gov. br.

No entanto, se o segurado que falecer não tiver dependentes, o óbito deve ser comunicado à Previdência Social e os valores depositados pelo INSS na instituição pagadora, em nome do segurado, não devem ser retirados. Em quaisquer das situações acima, sacar o valor do benefício pago à outra pessoa caracteriza crime de estelionato.

Portanto, se na sua família acontecer o óbito de alguém que recebia benefício do INSS, a orientação é entrar em contato com a Central 135 para se informar sobre a maneira correta de proceder, de acordo com a Lei.

O recebimento de benefício pós-óbito costuma acontecer quando o segurado passa a alguém de sua confiança o cartão bancário e a senha, para realizar o saque do benefício, seja por motivos de dificuldade de deslocamento ou por comodidade. Quando a família não comparece ao cartório para registrar a ocorrência do óbito, mesmo de posse da Declaração fornecida pela rede de saúde, e continua realizando as operações bancárias em nome do segurado, está cometendo uma irregularidade e terá que devolver aos cofres do INSS todos os valores que recebeu indevidamente.

A Previdência Social tem um setor, chamado Monitoramento Operacional de Benefícios (MOB), encarregado de fazer o acompanhamento dos benefícios concedidos, e detectar os casos em que haja indícios de irregularidade.

No caso do recebimento de benefício por terceiros, após o óbito do segurado, esse setor atua em conjunto com o Tribunal de Contas da União, os Sistemas Públicos de Saúde e Cartórios, para acompanhar os benefícios. Após fazer o levantamento das informações e as averiguações necessárias, comprovado o fato, o INSS convoca a família para prestar esclarecimentos e devolver os valores recebidos em nome do falecido.

Caso a pessoa que sacou o benefício se negue a ressarcir à Previdência Social, o processo é encaminhado ao Departamento da Polícia Federal, onde passa a ser tratado como crime de estelionato.

Somente em 2012, no Paraná, cerca de R$10 milhões retornaram aos cofres da instituição, pagos por familiares ou terceiros que receberam, irregularmente, os valores de benefícios de segurados já falecidos. (Maria Cristina Pires/SCS PR)

[5]


*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados.