BLOG DE NOTICIAS DE LUIS CORREIA

Últimas notícias e assuntos de interesse da cidade



Severo Eulálio fala de suas propostas para o Estado durante entrevista na sede do 180 O candidato a deputado estadual pelo PMDB, Severo Eulálio, esteve na sede do Maior Portal do Piauí para dar continuidade a série de entrevista "Candidato Responde". Severo falou sobre as suas propostas e disse que mesmo não tendo uma longa experiência ...
Wilson e Elmano empatados na estimulada; Elmano vence na espontânea no Piauí Os municípios pesquisados por microrregião são: Baixo Parnaíba Piauiense (Morro do Chapéu do Piauí, Porto, Esperantina, Piripiri); Litoral Piauiense (Parnaíba, Luís Correia, Buriti dos Lopes); Teresina (Teresina, Demerval Lobão, União); Campo ...

Últimas notícias de LUIS CORREIA PI:


Elmaninho é a nova sensação das caminhadas do candidato a senador pelo Piauí Percorrendo as cidades de Luís Correia e Cajueiro da Praia ... É gratificante saber que o nosso trabalho e o nosso projeto são o que o Piauí quer para crescer e melhorar", disse Elmano durante caminhada na região norte do Estado.
Com cama elástica no quintal de casa, dupla cria projeto de kitesurfe no Piauí O projeto tem menos de um ano, mas já é a sensação entre crianças e adolescente que moram na periferia da Praia de Barra Grande, vilarejo de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí ... na Praia do Itaqui, em Luís Correia, no mês passado.

AMOSTRAGEM: Para 54,97%, Wellington vai ganhar eleição para o Governo do Piauí Os municípios pesquisados por microrregião são: Baixo Parnaíba Piauiense (Morro do Chapéu do Piauí, Porto, Esperantina, Piripiri); Litoral Piauiense (Parnaíba, Luís Correia, Buriti dos Lopes); Teresina (Teresina, Demerval Lobão, União); Campo ...
Mais de 120 mil pessoas no Piauí podem não votar por irregularidades Até março, o Tribunal Regional Eleitoral (TER-PI) convocou 609 mil eleitores no estado para ... Os eleitores convocados eram dos municípios de Teresina, Nazária, Parnaíba, Luís Correia, Ilha Grande, Oeiras, Cajueiro da Praia e José de Freitas ...
Federação de Detrans discute melhorias de trânsito em Luís Correia O evento terá inicio nesta quinta-feira (11), no SESC Praia de Luís Correia. O encontro vai começar com audiência ... e conta com a participaçã o de pelo menos 13 estados, incluindo o Piauí.

Tempo e Temperatura:

Com cama elástica no quintal de casa, dupla cria projeto de kitesurfe no Piauí O projeto tem menos de um ano, mas já é a sensação entre crianças e adolescente que moram na periferia da Praia de Barra Grande, vilarejo de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí ... na Praia do Itaqui, em Luís Correia, no mês passado.
AMOSTRAGEM: Para 54,97%, Wellington vai ganhar eleição para o Governo do Piauí Os municípios pesquisados por microrregião são: Baixo Parnaíba Piauiense (Morro do Chapéu do Piauí, Porto, Esperantina, Piripiri); Litoral Piauiense (Parnaíba, Luís Correia, Buriti dos Lopes); Teresina (Teresina, Demerval Lobão, União); Campo ...
Mão Santa intensifica campanha no litoral e se reúne com lideranças Vamos implantar 20 metas para reconstruir o Piauí. Em Luís Correia levaremos água, assim como faremos em todo Piauí, incluindo a região do semiárido” disse.
Sampaio Corrêa vira no fim e bate o Icasa por 3 a 2 CARTÕES AMARELOS - Edimar, Waldir e Itallo (Sampaio Corrêa); Busatto (Icasa). ÁRBITRO - Antônio Dib Moraes de Sousa (PI). RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Estádio Castelão, em São Luís (MA).
Severo Eulálio fala de suas propostas para o Estado durante entrevista na sede do 180 O candidato a deputado estadual pelo PMDB, Severo Eulálio, esteve na sede do Maior Portal do Piauí para dar continuidade a série de entrevista "Candidato Responde". Severo falou sobre as suas propostas e disse que mesmo não tendo uma longa experiência ...
Wilson e Elmano empatados na estimulada; Elmano vence na espontânea no Piauí Os municípios pesquisados por microrregião são: Baixo Parnaíba Piauiense (Morro do Chapéu do Piauí, Porto, Esperantina, Piripiri); Litoral Piauiense (Parnaíba, Luís Correia, Buriti dos Lopes); Teresina (Teresina, Demerval Lobão, União); Campo ...
Elmaninho é a nova sensação das caminhadas do candidato a senador pelo Piauí Percorrendo as cidades de Luís Correia e Cajueiro da Praia ... É gratificante saber que o nosso trabalho e o nosso projeto são o que o Piauí quer para crescer e melhorar", disse Elmano durante caminhada na região norte do Estado.
Com cama elástica no quintal de casa, dupla cria projeto de kitesurfe no Piauí O projeto tem menos de um ano, mas já é a sensação entre crianças e adolescente que moram na periferia da Praia de Barra Grande, vilarejo de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí ... na Praia do Itaqui, em Luís Correia, no mês passado.
Zé Filho vai ao porto de Luis Correia e diz que 'sozinho é impossível' concluir O governador candidato Zé Filho (PMDB), em seu programa eleitoral exibido na noite desta segunda-feira (08/09), disse que é impossível o estado do Piauí fazer o porto de Luis Correia sem a ajuda do Governo Federal. Zé Filho relembrou que ainda no ano ... 
Reincidente, Flávio Barros se esquiva de escalação irregular: “Não me cabe” A punição aplicada pelo STJD ao River-PI pela condição irregular do lateral-direito George Michael arruinou o clube na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. Além de marcar negativamente a campanha do Galo com a perda de quatro pontos no ...
Coletivo Pi convida para percorrer ‘cenários’ Se é bacana só assistir a peças de teatro, a emoção é maior quando se tem a chance de vivenciar a experiência. É o que propõe o Coletivo Pi, que estreia amanhã, às 20h30, O Retrato mais que Óbvio Daquilo que não Vemos, na Casa da Caldeiras (Av.
Jovem sofre grave acidente de moto na PI-113; suspeito de roubo. Fotos! O motoqueiro Jailson de Sena Pereira, 19 anos, natural da cidade de Teresina-PI, sofreu um grave acidente na manhã desta sexta-feira, 19 de Setembro, na PI-113, na altura do Sitio Kalispera, no trecho entre as cidades José de Freitas e Cabeceiras do Piauí.
Luísa Sobral lança disco "para os pais ouvirem com os filhos" O álbum chama-se Lu-Pu-I-Pi-Sa-Pa e sai em novembro. Chega em novembro o terceiro álbum de Luísa Sobral. Segundo a editora da artista, a Universal, este será um disco diferente: "pelas narrativas, pelos contextos, por ser, todo ele, escrito em português".
Coletivo Pi estreia peça sobre a urbanidade Neste domingo, o grupo de teatro Coletivo Pi estreia a peça "O retrato mais que óbivio daquilo que não vemos", às 20h30, na Casa das Caldeiras, na Barra Funda, zona Oeste. O espetáculo é inspirado nas leituras do grupo sobre os trabalhos de Michel ...
Índice de analfabetismo no Piauí é de 19,7%, aponta pesquisa do IBGE O Brasil possui mais de 13 milhões de analfabetos e, apesar do número significativo, a taxa de analfabetismo caiu no ano passado de 8,7% para 8,3%, uma queda de 0,4%. O Piauí tem o terceiro pior resultado do país (19,7%), perdendo apenas para Alagoas e ...
TRE-PI condena Mão Santa a perda de tempo no horário eleitoral Em decisão desta sexta-feira (19), o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) decidiu que o candidato a governador Francisco de Assis de Moraes Souza - Mão Santa (PSC) terá parte do seu tempo no horário eleitoral cortado. O ex-governador é ...

LUIS CORREIA PI tspan:3m LUIS CORREIA PI
Selecionamos as principais notícias da cidade de LUIS CORREIA PI. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura.

O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento.

Tags: Últimas Notícias, LUIS CORREIA PI, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora há Pouco, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.

Quando um parente saca aposentadoria de morto está cometendo crime de estelionato

Sempre que um segurado da Previdência Social – que recebe algum tipo de benefício, como aposentadoria, pensão por morte, amparo social, entre outros – vem a  falecer, é responsabilidade da família e dos cartórios civis, que emitem a certidão de óbito, comunicar a morte ao INSS, para que haja suspensão do pagamento do benefício.

Caso o segurado falecido recebesse uma Aposentadoria ou um Auxílio Doença  e tenha dependentes (esposa/o, companheiro/a, filhos menores de idade ou inválidos, ou, na falta destes, o pais), a família deve  agendar o pedido de Pensão por Morte, pela Central 135 ou pela página eletrônica da Previdência Social, www.previdencia.gov. br.

Contudo, se o segurado que falecer não tiver dependentes, o óbito deve ser comunicado à Previdência Social e os valores depositados pelo INSS na instituição pagadora, em nome do segurado, não devem ser retirados. Em quaisquer das situações acima, sacar o valor do benefício pago à outra pessoa caracteriza crime de estelionato.

Portanto, se na sua família acontecer o óbito de alguém que recebia benefício do INSS, a orientação é entrar em contato com a Central 135 para se comunicar sobre a maneira correta de proceder, de acordo com a Lei.

O recebimento de benefício pós-óbito costuma acontecer quando o segurado passa a alguém de sua confiança o cartão bancário e a senha, para realizar o saque do benefício, seja por motivos de dificuldade de deslocamento ou por comodidade. Quando a família não comparece ao cartório para registrar a ocorrência do óbito, mesmo de posse da Declaração fornecida pela rede de saúde, e continua realizando as operações bancárias em nome do segurado, está cometendo uma irregularidade e terá que devolver aos cofres do INSS todos os valores que ganhou indevidamente.

A Previdência Social tem um setor, chamado Monitoramento Operacional de Benefícios (MOB), encarregado de fazer o acompanhamento dos benefícios dados, e detectar os casos em que haja indícios de irregularidade.

No caso do recebimento de benefício por terceiros, após o óbito do segurado, esse setor atua em conjunto com o Tribunal de Contas da União, os Sistemas Públicos de Saúde e Cartórios, para acompanhar os benefícios. Após fazer o levantamento das comunicações e as averiguações necessárias, comprovado o fato, o INSS convoca a família para prestar esclarecimentos e devolver os valores recebidos em nome do falecido.

Caso a pessoa que sacou o benefício se negue a ressarcir à Previdência Social, o processo é encaminhado ao Departamento da Polícia Federal, onde passa a ser tratado como crime de estelionato.

Somente em 2012, no Paraná, cerca de R$10 milhões retornaram aos cofres da instituição, pagos por familiares ou terceiros que receberam, irregularmente, os valores de benefícios de segurados já falecidos. (Maria Cristina Pires/SCS PR)

[5]


Com o objetivo de aumentar o acesso da população brasileira ao sistema de transporte aéreo brasileiro, foi criado o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (Pdar)

. A Medida Provisória 652 foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (28) e vai atender aeroportos regionais de pequeno ou médio porte.

O programa deve elevar o número de frequências das rotas regionais operadas regularmente e aumentar o número de cidades e rotas atendidas por transporte aéreo regular de passageiros. A ideia é facilitar o acesso a regiões com potencial turístico.

Segundo um estudo feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em 2012, o desenvolvimento da aviação regional representa um importante fator para diminuição das desigualdades no Brasil, já que contribui com a inclusão econômica e social da população atendida e ajuda na integração de localidades remotas por meio aéreo.

A pesquisa apontou que um dos principais entraves da aviação regional é a dificuldade de diluir os custos entre o limitado número de passageiros, especialmente em locais com menor renda. Nessas cidades, a divisão dos gastos deixa os preços das passagens muito mais caro.

A MP autoriza a União a conceder subvenção econômica nos serviços oferecidos pelos aeroportos regionais, como o pagamento dos custos relativos às tarifas aeroportuárias e de navegação aérea em aeroportos regionais. A união poderá também intervir no pagamento de parte dos custos de voos em rotas regionais e no pagamento dos custos correspondentes ao Adicional de Tarifa Aeroportuária.

As empresas interessadas em aderir ao programa deverão assinar contrato com a União, que conterá as cláusulas mínimas previstas no regulamento. Para a habilitação ao programa, será exigida dos interessados documentação relativa à regularidade jurídica e fiscal.

O pagamento da subvenção econômica será efetuado mediante a utilização de recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil, alocados nos orçamentos da União, observada a dotação orçamentária destinada a essa finalidade.

Regulamentação

A regularização do programa será de responsabilidade do Poder Executivo, especialmente em relação às condições gerais para concessão da subvenção e aos critérios de alocação dos recursos disponibilizados. O executivo ficará responsável ainda pelos critérios complementares de distribuição dos recursos e às condições operacionais para pagamento e controle da subvenção.

- See more at: http://www.noticiasdacidade.org/noticias/prefeito-Betim-MG#sthash.yCxrqsEo.dpuf [6]

Cuidados na hora de deixar o cabelo liso!!!!!

 
Risco de alisantes clandestinos à saúde
Aos desavisados freqüentadores de salões de beleza, o que pode parecer uma solução milagrosa para pôr fim aos cabelos crespos, para a saúde é uma grande ameaça. Em relação às denúncias envolvendo os riscos de alisantes clandestinos, produzidos a partir de concentrações elevadas de formol, principalmente no Rio de Janeiro, a Anvisa alerta sobre a necessidade de o consumidor tomar alguns cuidados básicos na escolha e uso desses produtos, considerados de risco potencial, por conter substâncias tóxicas que exigem controle rigoroso.
 

Telma Piacesi, técnica da Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro, a partir das amostras recolhidas e analisadas, atestou que os alisantes são mesmo caseiros, não sendo fabricados por nenhum laboratório. "Confirmamos que nos próprios salões as pessoas estavam misturando formol, queratina e cremes e aplicando nas clientes", afirma.

Em primeiro lugar, o usuário deve verificar se o produto é registrado na Anvisa/Ministério da Saúde, como determina a Lei 6.360/76. Para a obtenção do registro, o responsável deve apresentar à Anvisa uma série de documentos e informações técnicas referentes à composição, para assegurar a segurança e a eficácia, segundo a finalidade pretendida. As informações são então analisadas pela Gerência-Geral de Cosméticos da Anvisa, com base em regulamentação específica. Outro ponto importante diz respeito à formulação do produto, que somente será registrado caso atenda às exigências estabelecidas na legislação sanitária, sendo que o seu uso correto, em geral, não implica em danos para a saúde.

A gerente-geral de Cosméticos da Anvisa, Josineire Sallum, esclarece: "quando o produto não está registrado, sua composição não foi avaliada e o produto pode conter substâncias proibidas ou de uso restrito, em condições e concentrações inadequadas ou não permitidas acarretando riscos à saúde da população. Nesse caso, o consumidor não deve utilizar o produto e deve acionar o órgão de Vigilância Sanitária de sua cidade".

Quanto à incidência da substância formaldeído em cosméticos, a legislação permite sua utilização apenas como conservante ou endurecedor de unhas e proteção de cutículas, em condições específicas a partir de concentrações baixíssimas e contendo as devidas advertências na rotulagem nos produtos.

A utilização indevida do formol na composição de alisantes, conforme foi detectado pela Vigilância Municipal do Rio de Janeiro nas fórmulas apreendidas e segundo a literatura técnico-científica atual, representa sérios riscos. Os vapores dessa substância são altamente agressivos às mucosas, olhos e aparelho respiratório, podendo provocar asma. Além de irritação e dermatites, o uso tópico - em soluções concentradas - causa branqueamento e endurecimento da pele, originando reações de sensibilização, aumento de rigidez e perda de sensibilidade no local exposto ao contato da fórmula clandestina.

[3]

Quem é o maior culpado pelo fogo nas matas?

A atividade humana é uma das principais causas de queimadas nesta época do ano. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 90% dos incêndios florestais têm de origem antrópica - fruto da ação do homem. Na maioria dos casos, decorrem do uso incorreto do fogo para a renovação de pastagens, da caça e de ações criminosas em represália à criação e gestão de unidades de conservação. Em menor escala, há casos de queimadas que começam, de maneira natural, por conta de raios.

O território atingido pelos incêndios florestais tem apresentado aumento. De acordo com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a queima proposital de resíduos sólidos perto de áreas verdes é o motivo mais recorrente dos incêndios atendidos durante os chamados na capital federal. Apenas em junho deste ano, 395,16 hectares de vegetação foram consumidos pelo fogo - aumento de 77,8% em relação aos 222,23 hectares verificados em junho de 2013.

Brigadistas

Para combater os focos de incêndios florestais, o governo federal adotou medidas como o reforço do efetivo que atua em campo. Ao todo, 1.589 brigadistas foram contratados para formar as equipes do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo) em todo o País. Os profissionais ficam em pontos estratégicos nas Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste e se concentram em atividades de prevenção e manejo nas unidades de convenção.

Do total, 175 brigadistas atuam nas unidades de conservação federais contempladas pelo projeto Cerrado-Jalapão, em Tocantins, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em cooperação com o governo alemão e em parceria com o ICMBio e outros órgãos. “As equipes fazem a prevenção por meio de aceiros (desbaste de um terreno em volta de matas para impedir propagação de incêndios) e participam das atividades de pesquisa”, explica a analista ambiental do ICMBio, Ângela Garda.

O efetivo desempenha um trabalho contínuo de prevenção, combate e conscientização nas áreas de maior risco. “Os brigadistas têm papel fundamental no resultado das ações de manejo integrado do fogo, pois não são apenas combatentes de incêndio, são agentes comunitários de sensibilização e se envolvem na queima controlada, educação ambiental e pesquisa”, justifica Ângela. Segundo ela, a meta é reduzir a área atingida pelas queimadas com a implantação do manejo integrado e adaptativo do fogo. “(Os incêndios) são ameaças à proteção do patrimônio natural”, alerta.

Jipes

Veículos especiais são usados pelas equipes de prevenção e combate ao fogo. Na região do Jalapão, quatro marruás – jipes desenvolvidos para operações militares – fazem o transporte de brigadistas e materiais a pontos de difícil acesso nas unidades de conservação. A aquisição somou o investimento de R$ 800 mil, financiados pelo projeto Cerrado-Jalapão. Os automóveis tornaram o trabalho mais eficiente nas unidades de conservação, já que deslocam as equipes com mais rapidez e segurança aos focos de incêndio e áreas estratégicas para ações de prevenção.

A nível nacional, o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado) é a ferramenta estratégica de combate aos incêndios florestais no bioma. O documento traça ações táticas e operacionais que são implantadas por meio da articulação entre União, Estados, municípios, sociedade civil, setor empresarial e universidades.

Fique atento

Veja como ajudar a evitar queimadas:

- Não jogue bitucas de cigarro pela janela do carro

- Não fume em matas e locais com muita vegetação

- Impeça crianças de brincar com fogo em áreas verdes

- Evite fazer fogueiras em áreas de vegetação

Como funciona?

Confira os principais elementos nos casos de incêndios florestais:

- O combate busca suprimir o chamado triângulo do fogo: calor, oxigênio e combustível (vegetação, no caso das queimadas)

- Para os incêndios de pequenas proporções, as brigadas usam abafador, bomba costal e motobomba

- Diante de queimadas de maiores proporções, são aplicados recursos como caminhão-pipa, helicópteros e aviões agrícolas para aspersão de água

Saiba mais sobre o Cerrado

Segundo maior bioma da América do Sul, o Cerrado ocupa 24% do território brasileiro, em uma área total de cerca de 2 milhões de km2. Está presente no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Bahia, Piauí, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, o que soma 1.330 municípios. Nessa região, ficam as nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul (Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata).

Em decorrência da diversidade biológica, o Cerrado é caracterizado como a savana mais rica do mundo. Ao todo, 11.627 espécies de plantas nativas, 199 diferentes mamíferos e 837 exemplares distintos da avifauna habitam o bioma, além de 1,2 mil espécies de peixes, 180 répteis e 150 anfíbios. O cerrado conta, ainda, com diversas populações que sobrevivem de seus recursos naturais, incluindo etnias indígenas, quilombolas, ribeirinhos e outros povos tradicionais.

[26]

A poluição causada pelo óleo de cozinha

Óleo de cozinha pode contaminar 20 mil litros de águaA Usina de Biodiesel de Quixadá (CE) processa por mês, aproximadamente, 14 mil litros de Óleos e Gorduras Residuais (OGR), o óleo de cozinha usado, transformando-o em biocombustível. A subsidiária pretende avançar no projeto e ampliar a produção a partir desta matéria-prima que garante produção sustentável a preços competitivos, além de importantes benefícios ambientais e sociais.

Para otimizar o trabalho de conscientização popular, foi lançada há cinco meses a campanha ´Óleo usado e doado, Brasil preservado´, que atinge toda a capital cearense. O projeto foi formatado em parceria com a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Fortaleza e Região Metropolitana (Coopmares) e com oito revendas da Liquigás. O objetivo é incentivar o público a juntar o óleo de cozinha e fazer a doação para a cooperativa por meio do entregador de botijão de gás.

Com a campanha, ao receber o gás em casa, o morador tem acesso a folhetos explicativos sobre as vantagens ambientais e sociais do reaproveitamento do óleo de fritura. O material orienta ainda que os interessados em participar poderão armazenar este resíduo líquido em garrafa de plástico e entregar a um colaborador das revendas autorizadas da Liquigás em Fortaleza. “Este é um trabalho de conscientização social e de mudança de cultura. É um processo lento, mas já tivemos avanços. Já houve revendas que nos trouxe 265 litros de óleo, como a unidade de Quintino Cunha. A expectativa é que esse número aumente”, destaca o gerente setorial de Produção Agrícola Semiárido Norte da Petrobras Biocombustível, Paulo Roberto Dias. Com objetivo de incrementar o uso dessa fonte de suprimento, foi estruturado o Programa Cuidar, que tem como objetivo a produção de biodiesel a partir de OGR. O programa visa a alertar a população para os perigos do descarte inadequado, pois cada litro de óleo de cozinha pode contaminar 20 mil litros de água.

A iniciativa inclui difusão de conhecimento, apoio à gestão e treinamento dos catadores e gestores. É esse, por exemplo, o trabalho realizado, em Fortaleza, com a Rede de Catadores de Resíduos Sólidos Recicláveis do Estado do Ceará, com catadores de 18 associações. A parceria já resultou na aquisição de 74 mil litros de óleo de janeiro a julho deste ano.

Como participar

Qualquer pessoa ou empresa que quiser doar o óleo e ainda contribuir com o meio ambiente, pode entrar em contato com a Petrobras Biocombustível, que indicará uma associação ou cooperativa de catadores mais próxima.

Envie sua mensagem para biocombustivel@petrobras.com.br, se possível, informando a quantidade e a qualidade do produto que deseja doar. A equipe do Programa Cuidar orientará cada passo para efetivar a doação.

Confira abaixo os pontos de entrega em Fortaleza (CE): - Rua Verbena, 670, Bonsucesso - Rua General Muniz Aragão, 472, Barra do Ceará - Avenida Mozart Pinheiro de Lucena, 2991, Quintino Cunha - Rua Monsenhor Carneiro da Cunha. 130, Luciano Cavalcante - Rua Dr. João Amora, 1303, Vila Manoel Sátiro - Rua Padre Francisco Pita, 600, Jardim das Oliveiras - Avenida João Pessoa, 5727, Montese - Rua Valparaíso, 1600, Conjunto Palmeira [20]

EM LUIS CORREIA tspan:3m EM LUIS CORREIA

Um turismo diferente, baseado num produto destacado no Brasil

O Brasil é hoje o maior produtor e exportador de café, e o segundo maior consumidor do produto em todo o mundo. Do período colonial ao republicano, a produção de café marcou a história do País e as marcas desse processo estão em toda parte e geram um grande interesse, especialmente aos turistas.

Entre os destinos mais visitados estão a Rota do Café, no norte do Paraná, e o Museu do Café, em Santos (SP). Além de degustar cafés de diferentes tipos, os admiradores do produto podem conhecer um pouco mais desta história em visitas e roteiros turísticos elaborados especificamente para destacar a importância da bebida para o País.

A Rota do Café é um roteiro turístico que resgata a cultura cafeeira de uma região que prosperou graças ao “ouro verde” – como o grão era conhecido no século passado. O roteiro inclui visitas a fazendas históricas e produtivas, museus e memoriais.

A rota é composta por nove municípios, incluindo Londrina (PR), que já foi considerada a “capital mundial do café”. O consultor do Sebrae/PR, Sérgio Garcia, explica que o objetivo do projeto é oferecer experiências marcantes aos turistas. “Entre maio e agosto, os visitantes podem participar da colheita nas fazendas produtivas e “abanar” o café: o que consiste em peneirar separando os grãos das folhas e impurezas”, disse.

Para o ministro do Turismo, Vinicius Lages, a gastronomia brasileira ganha ainda mais importância quando atrelada à história, fortalecendo o potencial turístico que pode ser explorado. “A gastronomia foi um dos itens com melhor avaliação dos estrangeiros que estiveram no Brasil durante a Copa, com 93,2% de aprovação”, disse.

Museu do Café

O centro histórico de Santos, no litoral paulista, abriga o Museu do Café, onde o turista tem acesso a fotografias, objetos e documentos que mostram como a evolução da cafeicultura e o desenvolvimento do País estão intimamente ligados. O acervo permite ao visitante uma viagem ao passado, começando com a chegada das primeiras mudas da planta ao Brasil, passando pela mecanização das plantações e a chegada dos imigrantes japoneses e europeus para o trabalho nas lavouras.

Cerca de 20 mil pessoas visitam mensalmente o acervo, instalado no edifício da antiga Bolsa Oficial de Café, onde eram realizadas as negociações que determinavam as cotações diárias das sacas de café na época. Inaugurado em 1922, como parte das comemorações do centenário da independência do Brasil, o prédio se tornou um dos símbolos maiores da riqueza dos negócios do café e um dos cartões-postais mais conhecidos da cidade de Santos.

Após a visita ao museu, o visitante pode fazer uma pausa para o cafezinho na Cafeteria do Museu, que possui em seu cardápio diversas opções de bebidas que têm o café como principal ingrediente. Além disso, conta com grande variedade de grãos, produzidos em diferentes regiões do Brasil, à disposição dos visitantes para consumir na hora ou levar para casa.

De acordo com o estudo da Demanda Turística Internacional de 2012, do Ministério do Turismo, 10,6% dos estrangeiros que vieram ao País motivados por lazer tem a cultura brasileira como o principal interesse da viagem. Para a pasta, o turismo cultural valoriza os bens materiais e imateriais e registram a memória e identidade do País.

Serviço:

Rota do Café (PR): inclui 34 empreendimentos em nove municípios na região norte do Paraná. Para adquirir o pacote, o turista deve procurar uma das agências de turismo credenciadas: www.rotadocafe.tur.br. Entre 10 de novembro a 7 de dezembro, a região também receberá o 4º Festival de Gastronomia, Cultura e Lazer do Café – Fest Café, com diversos pratos doces e salgados elaborados com o grão.

Museu do Café (SP): localizado na rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Seu horário de funcionamento é de terça a sábado das 9h às 17h, e aos domingos entre 10h e 17h. Entre os meses de novembro e março, o Museu abre também às segundas-feiras, das 9h às 17h. Os ingressos para visitação custam R$ 5,00. Estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. A Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado, das 9h às 18h, e aos domingos entre 10h e 18h.


Já pensou em fazer carreira militar?

As Forças Armadas Brasileiras não são compostas apenas por militares originários do serviço militar obrigatório. É possível ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica e seguir carreira nos níveis escolares fundamental, médio ou superior e em diversas áreas de atuação, como medicina, comunicação e engenharia, entre outras.

Cada uma das Forças Armadas possui peculiaridades no processo de seleção, porém, homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar a partir da adolescência, mediante aprovação em concurso público, de âmbito nacional, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

A situação do jovem que presta o serviço militar obrigatório, cumprindo o que determina a Lei do Serviço Militar, é diferente da situação do jovem que se inscreve para prestar concurso para uma das Escolas da Força. O primeiro, por força da lei, permanece em alguma das Forças Armadas por um período temporário de no máximo oito anos, diferentemente do jovem aprovado em concurso, que poderá seguir a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).


Acidente LUIS CORREIA PI
Crime LUIS CORREIA PI
Policia LUIS CORREIA PI
Eleicao LUIS CORREIA PI

*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados.