Blog de Notícias de JARDIM








Empresa promete 10 unidades e aporte de R$ 150 milhões em cinco anos no MS

Dez unidades no Mato Grosso do Sul nos próximos cinco anos e um investimento total ... serão concentrados os investimentos”, revelou o presidente executivo, José Jardim Júnior. Ele esteve reunido na tarde desta terça-feira (24) na Sefaz com o ...

Jardim (MS) terá feira cultural no final da semana

Passa a ser realizada sempre às sextas-feiras, a partir das 19 horas, a Feira Cultural e Gastronômica de Jardim (MS), no Centro Comercial Ramez Tebet. O evento, iniciativa da Administraçã ;o do Prefeito Erney Cunha Bazzano Barbosa, pretende unir ...

Jovem perdeu o controle do carro e sofreu acidente na BR 427 em Jardim do Seridó

  O jovem Fábio Ferreira da Silva, 34 anos, residente no bairro Luzia Leopoldina em Jardim do Seridó, sofreu um acidente na noite de ontem domingo (1), na BR 427, KM 55, próximo ao terminal rodoviá…

Pedido de casamento é feito em atrativo turístico de Jardim

O Recanto Ecológico Rio da Prata, passeio de triha e flutuação localizado em Jardim (MS), foi palco para um pedido de casamento no dia 21 de fevereiro. Os visitantes Daniel e Tatiana visitaram o atrativo com o intuito de realizar as atividades.

Jovem perdeu o controle do carro e sofreu acidente em Jardim do Seridó

O jovem Fábio Ferreira da Silva, 34 anos, residente no bairro Luzia Leopoldina em Jardim do Seridó, sofreu um acidente na noite de domingo (1), na BR 427, KM 55, próximo ao terminal rodoviário da cida…

Marcelo Mourão solicita passarela no Córrego Rego D’Água

“A necessidade de construção da passarela foi trazida ao nosso mandato pelos moradores dos Bairros Jardim São Pedro e Jardim Londrina ... (Assessoria Parlamentar) Previsão de Campo Grande/MS oferecido por CPTEC/INPE Previsão de Três Lagoas/MS ...

Jovem perdeu o controle do carro e sofreu acidente na BR 427 em Jardim do Seridó

O jovem Fábio Ferreira da Silva, 34 anos, residente no bairro Luzia Leopoldina em Jardim do Seridó, sofreu um acidente na noite de ontem domingo (1), na BR 427, KM 55, próximo ao terminal rodoviário d…

Polícia Militar e Guarda Municipal deflagram operação em Jardim do Seridó

Objetivando a prevenção contra o delito em logradouros, vias, patrimônios públicos e privados de Jardim do Seridó, saíram às ruas em comboio, no sábado (28), a Polícia Militar, Guarda Municipal e o Co…

ATENÇÃO! COMEÇA HOJE O ARRASTÃO PARA COMBATE A DENGUE EM JARDIM ALEGRE.

A Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com a equipe de combate a Dengue, comunica a todos os moradores que do DIA 02 À 06 DE MARÇO, estará promovendo o ARRASTÃO PARA COMBATE A DENGUE. Pedimos a c…

Em Jardim de Piranhas as aulas terão inicio nesta segunda-feira (02) na rede municipal de ensino

A secretária de educação de Jardim de Piranhas, Alia Eine de Queiroz Damázio falou recentemente sobre o inicio das aulas na rede municipal de ensino. Segundo ela, as aulas de todas as escolas municipa…

Elídio Queiroz visita obras de pavimentação em Jardim de Piranhas

O prefeito Elidio Queiroz visitou a rua Maria Donina Maia no bairro Santa Cecilia para conferir como andam as obras de pavimentaçã o da referida rua.Elidio saiu satisfeito com o que viu. “Fiquei feliz …

Prefeito Padre Jocimar Dantas faz leitura da Mensagem Anual na Câmara Municipal em Jardim do Seridó

O prefeito de Jardim do Seridó, Padre Jocimar Dantas de Araújo participou nesta terça-feira (24) da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Vereadores de Jardim do Seridó. Na oportu…

Revitalização da Rua Florentino Cunha está concluída em Jardim do Seridó

A Prefeitura Municipal de Jardim do Seridó inaugurará em breve mais uma obra. Desta vez será a revitalizaçã ;o da Rua Florentina Cunha, no Bairro Bandeira Branca, nesta localidade. Os trabalhos de urbanizaç…< /li>

Últimas notícias de JARDIM MS:

 Marcelo Mourão solicita passarela no Córrego Rego D’Água “A necessidade de construção da passarela foi trazida ao nosso mandato pelos moradores dos Bairros Jardim São Pedro e Jardim Londrina ... (Assessoria Parlamentar) Previsão de Campo Grande/MS oferecido por CPTEC/INPE Previsão de Três Lagoas/MS ...

Homem tem ferimentos graves depois de ser esfaqueado em MS Um homem de 32 anos ficou gravemente ferido depois de esfaqueado na noite de sábado (28), no bairro Jardim Noroeste ... O caso aconteceu na rua Indianápolis, por volta das 20h (de MS). A Polícia Militar (PM) foi acionada por testemunhas que encontraram ...

JARDIM MS tspan:3m JARDIM MS


1ªDP de Jardim prende traficantes que vendia entorpecentes pelo "Disque Drogas" Jardim (MS)-Policiais Civis da 1ª Delegacia de Polícia da localidade prenderam na tarde de quarta-feira (25), Fábio Fernandes Cassimiro (29) e Márcio Romeiro de Moraes (29), por tráfico e associação para o tráfico. O esquema de Fábio, que já cumpria ...

Em MS, mototaxista é preso por ferir ex-esposa com 12 facadas, diz polícia Homem foi apresentado durante coletiva de imprensa (Foto: Graziela Rezende/G1 MS) Ao G1, a delegada Marília de Brito disse ... Nessa quinta-feira ele foi encontrado no bairro Jardim Aerorancho e levado à Deam, onde está preso. A faca usada no crime ...

Delcidio discute investimentos para Jardim e Paranaíba O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) ganhou em Brasília a visita do prefeito de Jardim , Erney Cunha (PT), e das vereadoras Jane Paula da Silva e Maria da Graça, de Paranaíba. Na pauta, a discussão sobre investimentos reivindicados pela população ...

CIDADE JARDIM// 2qtº+ ste ÁREA DE SERVIÇO COBERTA, JARDIM, VARANDA. AO FUNDO TEMOS UMA EDÍCULA COM AMPLO SALÃO, BANHEIRO E QUARTO(TOTAL DE 60 M². SISTEMA ELÉTRICO TRIFÁSICO. CERCA ELÉTRICA. ALARME. PORTÃO ELETRÔNICO COM INTERFONE E PORTÃO DA GARAGEM AUTOMATIZADO COM ...

Condutora invade BR-163 e provoca acidente no Jardim Itamaracá O cruzamento da rua Ana Batista Caminha com a BR-163, no Jardim Itamaracá, foi cenário de acidente na ... ferimentos leves e foi encaminhado para atendimento pela equipe da CCR MS Vias, empresa que administra a rodovia. O trânsito ficou lento, mas ...





Siga-nos e receba notícias e assuntos de interesse das cidades

Quanto é mesmo que a Dilma vai aumentar a conta de luz em JARDIM?

A conta de luz deve subir em média quase 40% este ano, mas dependendo da distribuidora esse aumento pode ser bem maior. O reajuste também muda dependendo da região.

A conta não é simples. No aumento aprovado na terça-feira (3), o contribuinte vai tirar do bolso o dinheiro para bancar um fundo que financia programas como o ‘Luz para Todos’ e ações para o setor elétrico. São R$ 23 bilhões para esse fundo.

Além disso, virá um aumento extra para cobrir os custos com as termelétricas. 

A notícia de um reajuste pesado na conta de luz preocupou Rodrigo Galvão dos Santos. Dono de uma microempresa, ele gasta muita energia para produzir os bolinhos de chocolate.

Pretende ampliar os negócios, mas: “Para nós que pretendemos investir dinheiro na abertura de uma loja, para o crescimento da produção, isso é uma notícia bem ruim. A gente não tem um capital tão grande”, afirma o empresário.

O governo ainda não divulgou quanto, mas a conta deve ficar bem mais cara por vários motivos. Entre eles, um reajuste na bandeira tarifária - uma cobrança extra na conta de luz, que é adotada quando os custos da energia estão altos, como agora por causa da falta de água e do uso das termelétricas. Estamos na bandeira vermelha, pagando R$ 3 a mais para cada cem quilowatts-hora consumidos.

Além disso, a Agência Nacional de Energia Elétrica anunciou que precisa de R$ 23 bilhões para manter o fundo que garante programas como o ‘Luz para Todos’. Ano passado, o Tesouro Nacional ajudou a financiar essa conta, mas este ano os custos vão ser totalmente repassados para o consumidor. Só isso vai significar reajuste de 3,89% para os consumidores das regiões Norte e Nordeste e de quase 20% para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

[8]




Trabalho em JARDIM. Como fica o meu plano de saúde se for demitido?

Permanecer com o plano de saúde oferecido pela empresa após ser demitido, ainda que tenha que pagar por ele, pode representar um benefício significativo, principalmente considerando o fato de que firmar um contrato de plano de saúde individual tem se tornado uma tarefa cada vez mais difícil. Muitas operadoras colocam empecilhos para quem procura um plano apenas para si.

O artigo 30 da lei número 9656/98, que rege o assunto, prevê que no caso de rescisão ou exoneração do contrato de trabalho sem justa causa, “é assegurado o direito de manter sua condição de beneficiário, nas mesmas condições de cobertura assistencial de que gozava quando da vigência do contrato de trabalho, desde que assuma seu pagamento integral”, diz um trecho da lei.

Mas, para que o ex-funcionário possa manter este benefício, ele precisa ter contribuído, total ou parcialmente, com o plano de saúde empresarial, explica a advogada Camila de Oliveira Santos, do escritório Maluf e Moreno Advogados Associados. “O empregado deve informar o interesse de permanecer com o plano, no prazo máximo de 30 dias após a formalização da dispensa”, diz Camila. E cabe à empregadora comunicar ao trabalhador a existência dessa possibilidade.

Em relação ao período de permanência após a rescisão do contrato, a lei obriga as empresas a manter os ex-funcionários por um prazo de até dois anos. O tempo de permanência previsto na legislação é equivalente a um terço do período que o funcionário permaneceu na organização. “Entretanto, existe um prazo mínimo (que é de seis meses) e máximo (24 meses) de permanência”, sinaliza Camila. Logo, mesmo o trabalhador que tiver ficado pouco tempo na organização terá direito a no mínimo meio ano de cobertura. Contudo, o benefício cessa caso o trabalhador obtenha novo emprego que lhe forneça outro plano de saúde.

Camila explica ainda que a lei também se aplica a quem se aposenta. Nesses casos, quem possui um plano de saúde por um período igual ou superior a dez anos tem direito a permanecer com o benefício nos mesmos moldes por prazo indeterminado, desde que assuma o pagamento integral do plano. Já quem está no plano há menos de dez anos pode estender o benefício pelo prazo equivalente ao que permaneceu nele.

Impactos para as empresas

Ainda que as organizações não sejam obrigadas a custear qualquer valor para o ex-funcionário que escolhe a extensão do benefício, , essa opção pode ter reflexos no valor do contrato que as empresas mantêm com as operadoras de planos de saúde empresarial. Isso porque esses contratos, geralmente, possuem cláusula de sinistralidade, ou seja, o contrato prevê uma margem de utilização. “Por mais que o ex-funcionário passe a pagar pelo plano, ele continua a integrar a apólice da empresa, o que pode contribuir para que a margem de utilização seja ultrapassada”, explica Camila. Segundo ela, no momento de renovar o contrato, as operadoras costumam reajustar o valor em até 100% por causa da cota excedida.

A desvantagem iminente tem feito algumas empresas estudarem formas de efetuar mudanças nos desenhos de seus planos, a fim de evitar a obrigatoriedade de estendê-los para seus ex-empregados. É o que mostra um estudo feito pela consultoria Watson Wyatt, com cerca de 170 empresas de diferentes portes e segmentos.

Segundo a pesquisa, mais de 60% das empresas estão condicionadas à lei. Desse total, 13% afirmam já ter tomado providências para não precisarem mais beneficiar quem não integra seu quadro. Elas alegam que o custo criado pelos inativos não é corretamente avaliado para fins contábeis, especialmente quando ele está na mesma apólice dos ativos, o que ocorre em 76% dos casos.

Além dos impactos na sinistralidade do contrato, essa situação pode implicar em subsídio indireto da empresa e dos empregados ativos, uma vez que a tendência é que os participantes de idade mais avançada criem despesas mais elevadas. Dentre as pesquisadas, 29% já precisaram assumir parte dos custos do plano médico dos inativos e pelo menos 5% sofreram ações judiciais por conta dos valores cobrados, uma vez que estes números costumam ser superiores aos debitados do trabalhador enquanto estava na empresa.

Fonte: www.canalrh.com.br - Por: Leandro Fernandes

www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/jornal92/economia_plano_saude.aspx [0]



Jardim (MS) terá feira cultural no final da semana


Passa a ser realizada sempre às sextas-feiras, a partir das 19 horas, a Feira Cultural e Gastronômica de Jardim (MS), no Centro Comercial Ramez Tebet. O evento, iniciativa da Administraçã ;o do Prefeito Erney Cunha Bazzano Barbosa, pretende unir ...



Pedido de casamento é feito em atrativo turístico de Jardim


O Recanto Ecológico Rio da Prata, passeio de triha e flutuação localizado em Jardim (MS), foi palco para um pedido de casamento no dia 21 de fevereiro. Os visitantes Daniel e Tatiana visitaram o atrativo com o intuito de realizar as atividades.
Marcelo Mourão solicita passarela no Córrego Rego D’Água “A necessidade de construção da passarela foi trazida ao nosso mandato pelos moradores dos Bairros Jardim São Pedro e Jardim Londrina ... (Assessoria Parlamentar) Previsão de Campo Grande/MS oferecido por CPTEC/INPE Previsão de Três Lagoas/MS ...
Homem tem ferimentos graves depois de ser esfaqueado em MS Um homem de 32 anos ficou gravemente ferido depois de esfaqueado na noite de sábado (28), no bairro Jardim Noroeste ... O caso aconteceu na rua Indianápolis, por volta das 20h (de MS). A Polícia Militar (PM) foi acionada por testemunhas que encontraram ...
1ªDP de Jardim prende traficantes que vendia entorpecentes pelo "Disque Drogas" Jardim (MS)-Policiais Civis da 1ª Delegacia de Polícia da localidade prenderam na tarde de quarta-feira (25), Fábio Fernandes Cassimiro (29) e Márcio Romeiro de Moraes (29), por tráfico e associação para o tráfico. O esquema de Fábio, que já cumpria ...
Em MS, mototaxista é preso por ferir ex-esposa com 12 facadas, diz polícia Homem foi apresentado durante coletiva de imprensa (Foto: Graziela Rezende/G1 MS) Ao G1, a delegada Marília de Brito disse ... Nessa quinta-feira ele foi encontrado no bairro Jardim Aerorancho e levado à Deam, onde está preso. A faca usada no crime ...

Cuidado com enchentes em JARDIM

As enchentes são consideradas, entre os desastres naturais, como as que mais danos causam à saúde da população, ao patrimônio e ao meio ambiente. Têm elevada morbi-mortalidade, em decorrência dos seus efeitos diretos e das doenças infecciosas secundárias ocasionadas por conseqüência dos transtornos causados nos sistemas de água e saneamento.

Os desastres, se não puderem ser evitados, ao menos os seus efeitos podem ser minimizados com medidas emergências adotadas tanto pelo governo quanto pela comunidade. Sabendo-se que as enchentes ocorrem em determinados períodos e em determinadas regiões é possível prevenir e se preparar para uma resposta mais eficaz.

Com a chegada da estação das chuvas, cresce a preocupação sobre o aparecimento de doenças, sobretudo as transmitidas por água, alimentos, vetores, reservatórios e animais peçonhentos.


Prevenção:
 

  • Se você vai construir sua residência, escolha um lugar que ofereça segurança para você e sua família;
  • Reúna-se com seus familiares e vizinhos para se prevenir e preparar para situações de emergência;
  • Não desvie canos ou deságües;
  • Peça ajuda para ao departamento ambiental da sua cidade para sobre poda ou corte de árvores próximas à sua residência que ofereçam risco de queda;
  • Não plantar nos morros bananeira e outras plantas de raízes curtas. As raízes dessas árvores não fixam o solo e aumentam os riscos de deslizamentos;
  • Conserte falhas no telhado. Confira o isolamento da fiação elétrica, as calhas de escoamento a fixação das telhas;
  • Verifique se há sinais de infiltrações na casa, rachaduras nas paredes e no chão;
  • Armazene água potável em tonéis devidamente vedados;
  • Caso você esteja em uma área de baixada, sujeita a alagamento, ao primeiro sinal de aumento do nível de água, abrigue-se em locais altos e secos;
  • Acompanhar os alertas da Defesa Civil;
  • Seguir orientações da Defesa Civil se necessitar abandonar a residência;
  • Guarde os documentos, de preferência, em uma mochila impermeável para facilitar na hora de abandonar a residência;
  • Mantenha os medicamentos em lugar seguro.



Cuidados com o lixo:
 

  • Não jogue lixo nas vias públicas para evitar o entupimento dos bueiros (bocas-de lobo) que dificultam o escoamento da água e assoreando o leito de rios;
  • Não jogue no rio sedimentos, troncos, móveis, materiais, lixo que impeçam o seu curso, provocando transbordamentos;
  • Não acumule lixo nem entulhos próximos à sua residência;
  • Acondicione o lixo em área que não esteja sujeitas as enchentes.



Como Proceder em caso de Enchentes:
 

  • Se possível, ponha a salvo seus bens, mas lembre-se que algumas inundações se apresentam repentinamente. Nesses casos, o mais importante é proteger a sua vida e de seus familiares. Encaminhe-se imediatamente para um lugar seguro (partes mais altas da cidade);
  • Evite contato com água da enchente, pois, certamente, estará contaminada. Durante as enchentes é comum ocorrer contaminações como leptospirose e doenças de pele. Ao primeiro sintoma de febre, vômito, diarréia, dores abdominais ou nas pernas, dor de cabeça ou ainda se ocorrer ferimentos procure a unidade de saúde mais próxima, informando que teve contato com água de enchente;
  • Beba somente água filtrada ou fervida.



Em casa:
 

  • Ao primeiro sinal de chuva forte, deixe móveis e eletrodomésticos fora do alcance da água. Desligue equipamentos elétricos e eletrônicos, feche o registro do gás e da água;
  • Guarde os produtos de limpeza e alimentos fora do alcance das águas e não os utilize caso tenham sido atingido;
  • Mantenha um membro da família atento e vigilante ao nível de subida das águas, mesmo à noite;
  • Tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso. Não use velas, lamparinas a álcool ou similares;
  • Acompanhe o noticiário local pelo rádio e fique atento às mensagens de esclarecimento ou alarmes;
  • Feche portas e janelas da casa ainda que seja necessário o abandono para evitar a entrada de escombros e de animais peçonhentos;
  • Se houver muita infiltração na casa e acontecer rachaduras nas paredes ou escutar algum barulho estranho, abandone sua residência;
  • Transmita alarme aos vizinhos em caso de súbita elevação das águas;
  • Não use telefone (o sem fio pode ser usado);
  • Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;
  • Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica;
  • E o mais importante: mantenha a CALMA para que possa tomar as providências necessárias. O pânico só piora a sua situação e de quem está a sua volta.



Na rua:
 

Evite, ao máximo, estar em áreas alagadas. Terrenos acidentados, buracos e bueiros abertos, assim como fiação elétrica exposta podem causar acidentes graves. Se não houver alternativa, sigas as orientações:

  • Ao encontrar-se em ruas alagadas, procure se proteger o máximo possível para evitar o contato com a água. Use calçados ou improvise, com sacos plásticos, proteção para as pernas;
  • Ande junto a muros e paredes, preferencialmente seguro por cordas ou sendo auxiliado por outras pessoas. A força das águas em locais inclinados é incontrolável;
  • As águas de enchentes são pesadas e violentas e oferecem grande risco de contaminação. Mesmo que você saiba nadar bem, não se arrisque em travessias ou brincadeiras;
  • Evite cruzar pontes onde o nível do rio subiu;
  • Não se abrigue embaixo de árvores e se mantenha distante de postes;
  • Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos;
  • Não se abrigue debaixo de árvores isoladas;
  • Não tome água ou coma alimentos que estavam em contato com as águas da inundação;



Dentro de carros:
 

  • Ao primeiro sinal de chuva forte, evite sair de casa. Não corra riscos desnecessários. No entanto, se já estiver no trânsito, fique atento;
  • Aos primeiros sinais de alagamento procure áreas elevadas para estacionar e aguarde o nível da água baixar;
  • Ande devagar, aumente a distância do veículo da frente e não feche os cruzamentos;
  • Sintonize seu rádio no noticiário local e procure informações sobre as áreas alagadas;
  • Não pare o carro próximo a árvores ou postes;
  • Evite áreas alagadas. As poças podem esconder crateras. Se for inevitável, ao atravessá-las, mantenha aceleração contínua em primeira. Em hipótese alguma a água pode entrar pelo cano de descarga;
  • Aguarde que o carro que esteja a sua frente transponha a área alagada para, em seguida, proceder a sua travessia;
  • Não fique próximo a caminhões ou ônibus. Veículos de grande porte provocam marolas que podem alagar o seu carro e fazer com que perca o controle da direçatingir o batente inferior da porta é hora de abandonar o veículo. Com água acima das rodas, o carro começa a boiar e fica sem controle. Se alcançar as janelas, ocorre o bloqueio das portas, impedindo a saída e, pior, dificultando o resgate;



Procedimentos Após as Enchentes:
 

  • Ao término da enchente, busque orientação da Defesa Civil sobre o retorno para sua residência. É necessário limpar os locais atingidos água e lama;
  • Só retorne a casa durante o dia;
  • Use botas e luvas para evitar o contato com a água e a lama;
  • Para descontaminar os locais e caixa de água, utilize uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água;
  • Jamais reaproveite a água da enchente;
  • Enquanto não for liberado o consumo da água da rede pública, beba somente água engarrafada, fervida ou clorada. Um minuto em fervura mata a maioria dos microorganismos;
  • Para evitar incêndios, choques elétricos ou explosões, desligue a energia elétrica e desconecte as tubulações de gás;
  • Se a sua residência foi destruída durante a enchente, não retorne a construir no mesmo lugar, porque cedo ou tarde ocorrerá uma nova enchente.



Para limpar caixa d´água e/ou de cisternas:
 

  • Esvaziar a caixa d’água e lavá-la, esfregando bem as paredes e o fundo. Utilizar botas de borracha e luvas nesta atividade, ou 2 sacos plásticos, um sobre o outro, amarrados nas mãos e nos pés;
  • Depois de concluída a limpeza, colocar 1 litro de água sanitária (hipoclorito de Sódio a 2,5%) para cada 1.000 litros de água do reservatório. Abrir a entrada para encher a caixa com água limpa;
  • Após 30 minutos, abrir as torneiras por alguns segundos, para que a água misturada ao hipoclorito entre nas tubulações da casa.  Aguardar 1 hora e 30 minutos para a desinfecção do reservatório e canalizações;
  • A lama das enchentes tem alto poder infectante e adere aos móveis, paredes e chão. Recomenda-se retirar essa lama (sempre se protegendo com luvas e botas de borracha) e lavar o local, desinfetando com solução de água sanitária. Para um balde com 20 litros de água, adicionar 4 xícaras de café de água sanitária;
  • Evitar que os dejetos (fezes, urina e lixo) contaminem a água, os alimentos e as pessoas. Sempre que possível, utilizar caixas, jornais e papéis para colocação dos dejetos, jogando-os posteriormente em buracos abertos especialmente para esse fim;
  • Eliminar toda a água parada existente em objetos como pneus, garrafas, vasos de plantas e etc., para evitar o aumento de mosquitos;
  • Sempre lave as mãos com sabão e água fervida;
  • Evite andar com os pés descalços;
  • Esvazie a caixa d´água, fechando o registro de entrada de água e abrindo as torneiras e os chuveiros;
  • Lave a caixa d´água esfregando bem as paredes e o fundo;
  • Encha a caixa d´água com água limpa;
  • Adicione um litro de água sanitária para cada mil litros de água na caixa;
  • Aguarde quatro horas e esvazie novamente a caixa utilizando esta água para lavar o chão e as paredes da casa;
  • Encha novamente a caixa.



Um efeito relevante das enchentes são as doenças ocasionas após o alagamento.



Doenças mais comuns que ocorrem após as enchentes:
 

  • Leptospirose (transmissão pelo contato direto ou indireto com urina de animais infectados, ex: ratos);
  • Dengue (transmissão através da picada de mosquito Aedes aegypti);
  • Hepatite A e E (transmissão fecal / oral, direta ou indireta);
  • Gastroenterite aguda (pela ingestão de alimentos e/ou água contaminados);



[2]


Travestis agora recebem bolsa de uma salário do governo: quando o benefício vai chegar a JARDIM?

A prefeitura de São Paulo oferecerá uma bolsa para travestis e transexuais da capital paulista voltarem a estudar. A medida visa capacitar as transexuais e travestis, que sofrem discriminação no mercado de trabalho e muitas vezes têm de recorrer à prostituição.



Inicialmente, 100 beneficiárias receberão um salário mínimo mensal (R$ 788) e serão matriculadas em cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A medida é inédita no Brasil e na América do Sul.

Para receber o benefício, as travestis precisam comprovar presença nas aulas, e igualmente deverão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A intenção é que, após dois anos no programa, as beneficiárias saiam formalmente empregadas.

Além do dinheiro, a prefeitura igualmente fornecerá hormônios femininos para as travestis na rede básica de saúde.

O programa custará cerca de R$ 2 milhões em 2015 e poderá ser ampliado já no segundo semestre.

Números

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania estima que há pelo menos quatro mil transexuais e travestis vivendo em São Paulo.

Segundo o Relatório Sobre Violência Homofóbica 2012, elaborado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), naquele ano foram registradas 195 denúncias de violações contra travestis, entre homicídios, violência física, violência sexual e discriminação.

[25]



*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados. Selecionamos as principais notícias da cidade de JARDIM MS. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura. O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento. Tags: Últimas Notícias, JARDIM MS, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora há Pouco, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.