BLOG DE NOTICIAS DE IPIRANGA DO NORTE

Últimas notícias e assuntos de interesse da cidade



Capacitação sobre direito tributário foi realizada em Lucas do Rio Verde Além de Lucas do Rio Verde, participaram da capacitação representantes dos municípios de Tapurah, Ipiranga do Norte, Sorriso, Nova Mutum e Sinop. De acordo com a secretária municipal de Finanças, Maria Rossato, a parceria entre esses municípios para ...
Cláudia é a próxima cidade a sediar Jogos Estudantis Além de Cláudia, participam desta edição os seguintes municípios: Lucas do Rio Verde, Tapurah, Vera, Sorriso, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, União do Sul ... promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Esportes ...

Últimas notícias de IPIRANGA DO NORTE MT:

Candidato Pedro Taques é entrevistado no MTTV 1ª Edição O candidato do ... o MT Integrado para que tenhamos estradas pavimentadas. Concessões: sou favorável a concessões, sim. A iniciativa privada, através das parcerias, devem necessariamente contribuir, como ocorreu na região de Lucas, Tapurah, Ipiranga ...
É Hora de Plantar levou informações para público de mais de 2.200 pessoas Com mais de 8 mil quilômetros percorridos pelos estados de Mato Grosso ... Cidades – As rodadas do É Hora de Plantar passaram por Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Nova Ubiratã, Sorriso, Matupá, Sinop, Ipiranga do Norte, São José do Rio Claro ...


Mais de 300 caravaneiros participam do Encontro Fraterno de Lucas do Rio Verde Participaram do evento realizado pela Associação Espírita Reviver, caravanas de Cuiabá, Ipiranga do Norte, Sinop, Tapurah e Nova Mutum. Crédito: Reprodução/ Facebook Apresentaçã o do teatro das crianças com o tema Campanha de Fraternidade Auta de ...
Festival de Pesca de Sorriso: 95 equipes participaram da competição Além desses três municípios, pescadores de Lucas do Rio Verde, Alta Floresta, Ipiranga do Norte ... pois queremos tornar este festival o maior e melhor festival de Mato Grosso. São eventos como este que colocam Sorriso em evidência no Estado”.
Cinco seguranças ficam feridos após capotarem carro de passeio; foto O capotamento aconteceu por volta das 20h40 na rodovia que liga Sorriso a Ipiranga do Norte. Leia mais: Uma pessoa morre e outra fica hospitalizada em tentativa de duplo homicídio De acordo com informações da Polícia Militar (PM), as cinco pessoas que ...

Tempo e Temperatura: É Hora de Plantar levou informações para público de mais de 2.200 pessoas Com mais de 8 mil quilômetros percorridos pelos estados de Mato Grosso ... Cidades – As rodadas do É Hora de Plantar passaram por Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Nova Ubiratã, Sorriso, Matupá, Sinop, Ipiranga do Norte, São José do Rio Claro ...
Mais de 300 caravaneiros participam do Encontro Fraterno de Lucas do Rio Verde Participaram do evento realizado pela Associação Espírita Reviver, caravanas de Cuiabá, Ipiranga do Norte, Sinop, Tapurah e Nova Mutum. Crédito: Reprodução/ Facebook Apresentaçã o do teatro das crianças com o tema Campanha de Fraternidade Auta de ...
Veja a agenda dos candidatos ao governo de MT para esta sexta (12) Confira a agenda desta sexta-feira (12) dos candidatos, listados em ordem alfabética, que disputam a eleição para governador de Mato Grosso. Dr. José Roberto ... em Itanhangá 14h - Carreata em Ipiranga do Norte 15h30 - Carreata em Tapurah 17h30 ...
“O nosso governo não irá atrapalhar o desenvolvimento de nenhuma região”, diz Pedro Taques Cumprindo agenda de campanha nestas cidades, o candidato ao governo Pedro Taques (PDT-MT) assegurou que não deixará nenhum ... Juara e Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte do Norte e Juara. A partir de sexta-feira (12.09) as cidades da região Norte ...
Capacitação sobre direito tributário foi realizada em Lucas do Rio Verde Além de Lucas do Rio Verde, participaram da capacitação representantes dos municípios de Tapurah, Ipiranga do Norte, Sorriso, Nova Mutum e Sinop. De acordo com a secretária municipal de Finanças, Maria Rossato, a parceria entre esses municípios para ...
Cláudia é a próxima cidade a sediar Jogos Estudantis Além de Cláudia, participam desta edição os seguintes municípios: Lucas do Rio Verde, Tapurah, Vera, Sorriso, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, União do Sul ... promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Esportes ...
Candidato Pedro Taques é entrevistado no MTTV 1ª Edição O candidato do ... o MT Integrado para que tenhamos estradas pavimentadas. Concessões: sou favorável a concessões, sim. A iniciativa privada, através das parcerias, devem necessariamente contribuir, como ocorreu na região de Lucas, Tapurah, Ipiranga ...
É Hora de Plantar levou informações para público de mais de 2.200 pessoas Com mais de 8 mil quilômetros percorridos pelos estados de Mato Grosso ... Cidades – As rodadas do É Hora de Plantar passaram por Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Nova Ubiratã, Sorriso, Matupá, Sinop, Ipiranga do Norte, São José do Rio Claro ...
Ideb fica acima da meta no município O município mato-grossense com maior índice nos anos iniciais foi Nova Marilândia (7,1) e, nos anos finais, Lucas do Rio Verde e Ipiranga do Norte (5,1 ... foram superiores às médias de Mato Grosso (5,3 – anos iniciais) e (4,4 – anos finais ... 
Carteiros de MT realizam assembleia para avaliar os rumos da greve Os trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) em Mato Grosso devem realizar, na noite de terça-feira (23), uma assembleia geral na praça da República, em Cuiabá, para avaliar o andamento da greve da categoria, iniciada na última quinta ...
MT: policiais vão à Bolívia rastrear avião roubado O delegado Gilson Silveira, titular da Delegacia Municipal de Pontes e Lacerda (MT), seguiu para a Bolívia por terra, com um veículo da Polícia Civil de Mato Grosso, com dois investigadores, para tentar rastrear o avião da candidata ao governo de Mato ...
MT: preso suspeito de aplicar golpes totalizando R$ 10 milhões Ele comprava maquinário com valor entre R$ 200 mil e R$ 300 mil, mas só pagava a primeira parcela. Depois, as máquinas eram entregues a receptadores. Ao menos 40 pessoas foram vítimas do golpe. A polícia de Mato Grosso prendeu um homem suspeito de ...
Modelo MT-09 é lançado no Brasil A MT-09 exibe força e linearidade com seus três cilindros e permite uma pilotagem excepcional graças ao potente torque em baixas e médias rotações, podendo ser desfrutada no dia-a-dia da cidade ou em estradas mais sinuosas, integrando agilidade e ...
TCE-MT padroniza procedimentos de auditoria nas receitas de IPTU O Tribunal de Contas de Mato Grosso se prepara para padronizar os procedimentos de auditoria nas receitas de Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU dos municípios. Para isso a Assessoria Especial de Desenvolvimento do Controle Externo (Adecex) do TCE ...
Cuiabá bate o Primavera e vence a 2ª etapa do Mato-grossense de rugby Debaixo de muita chuva, o Cuiabá Rugby sagrou-se campeão da segunda etapa do Circuito Mato-grossense de Rugby Sevens disputado no último sábado, em Cuiabá. O torneio reuniu as equipes do Cuiabá Rugby, Primavera Rugby, Old Lions e UFMT Rugby que se ...
Caratecas de MT se preparam para o Brasileiro da modalidade Atletas da seleção mato-grossense de Karatê-Dô Tradicional se preparam para a disputa do Campeonato Brasileiro da modalidade, que será realizado entre os dias 26 e 28 de setembro em Brasília. A seleção mato-grossense é treinada pela Sensei Arlene ...

IPIRANGA DO NORTE MT tspan:3m IPIRANGA DO NORTE MT

Como lutar contra a pressão alta?

Está hipertenso quem tem a pressão arterial constantemente igual ou maior que 14 por 9. A pressão se eleva por vários motivos, mas principalmente quando nossas artérias perdem a capacidade de contrair e dilatar, por algum tipo de resistência.

A diretora do Departamento de Análise de Situação em Saúde do Ministério da Saúde, Deborah Malta, explica que, para evitar o problema responsável por provocar infarto, derrame e outras complicações, é preciso manter medidas simples de prevenção, como adotar uma alimentação saudável e praticar atividade física regularmente. "Alimentação diversificada, redução do sal dos alimentos, tanto no preparo quanto, igualmente, na escolha dos alimentos industrializados. Verificar sempre, igualmente, a composição dos alimentos, sempre preferindo os alimentos com menor teor de sal. O estímulo à prática da atividade física regular. Então, 30 minutos de caminhada diariamente".

A cabeleireira Dara Correa de Souza, exemplificativamente, conta que descobriu que sofria de hipertensão quando começou a passar mal e resolveu ir ao médico. "Dor de cabeça, tontura, às vezes dor no peito. E fui ao médico e percebeu que era pressão alta. Tem que ter uma alimentação mais saudável. Eu mesma não cuidava direito da alimentação. Geralmente, quem tem pressão alta tem que fazer igualmente uma atividade física para ajudar a controlar", lembra Dara.

Para os médicos do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), os hipertensos devem reduzir o consumo de sal, evitar temperos industrializados e dar preferência a frutas ricas em potássio. O ideal é comer peixe ao menos duas vezes por semana e optar por carnes brancas ou magras de boi. Também é relevante beber leite desnatado e derivados.

Como controlar a hipertensão

  [2]





EM IPIRANGA DO NORTE tspan:3m EM IPIRANGA DO NORTE

Cuidados na hora de deixar o cabelo liso!!!!!

 
Risco de alisantes clandestinos à saúde
Aos desavisados freqüentadores de salões de beleza, o que pode parecer uma solução milagrosa para pôr fim aos cabelos crespos, para a saúde é uma grande ameaça. Em relação às denúncias envolvendo os riscos de alisantes clandestinos, produzidos a partir de concentrações elevadas de formol, principalmente no Rio de Janeiro, a Anvisa alerta sobre a necessidade de o consumidor tomar alguns cuidados básicos na escolha e uso desses produtos, considerados de risco potencial, por conter substâncias tóxicas que exigem controle rigoroso.
 

Telma Piacesi, técnica da Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro, a partir das amostras recolhidas e analisadas, atestou que os alisantes são mesmo caseiros, não sendo fabricados por nenhum laboratório. "Confirmamos que nos próprios salões as pessoas estavam misturando formol, queratina e cremes e aplicando nas clientes", afirma.

Em primeiro lugar, o usuário deve verificar se o produto é registrado na Anvisa/Ministério da Saúde, como determina a Lei 6.360/76. Para a obtenção do registro, o responsável deve apresentar à Anvisa uma série de documentos e informações técnicas referentes à composição, para assegurar a segurança e a eficácia, segundo a finalidade pretendida. As informações são então analisadas pela Gerência-Geral de Cosméticos da Anvisa, com base em regulamentação específica. Outro ponto importante diz respeito à formulação do produto, que somente será registrado caso atenda às exigências estabelecidas na legislação sanitária, sendo que o seu uso correto, em geral, não implica em danos para a saúde.

A gerente-geral de Cosméticos da Anvisa, Josineire Sallum, esclarece: "quando o produto não está registrado, sua composição não foi avaliada e o produto pode conter substâncias proibidas ou de uso restrito, em condições e concentrações inadequadas ou não permitidas acarretando riscos à saúde da população. Nesse caso, o consumidor não deve utilizar o produto e deve acionar o órgão de Vigilância Sanitária de sua cidade".

Quanto à incidência da substância formaldeído em cosméticos, a legislação permite sua utilização apenas como conservante ou endurecedor de unhas e proteção de cutículas, em condições específicas a partir de concentrações baixíssimas e contendo as devidas advertências na rotulagem nos produtos.

A utilização indevida do formol na composição de alisantes, conforme foi detectado pela Vigilância Municipal do Rio de Janeiro nas fórmulas apreendidas e segundo a literatura técnico-científica atual, representa sérios riscos. Os vapores dessa substância são altamente agressivos às mucosas, olhos e aparelho respiratório, podendo provocar asma. Além de irritação e dermatites, o uso tópico - em soluções concentradas - causa branqueamento e endurecimento da pele, originando reações de sensibilização, aumento de rigidez e perda de sensibilidade no local exposto ao contato da fórmula clandestina.

[3]

“Não é aconselhável comer carne vermelha todo dia. É preciso variar com carnes brancas ou carne de soja. Peixes são excelentes para ajudar no controle do colesterol. E se for consumir carne vermelha é melhor que não seja frita.”

Escolhas saudáveis na alimentação controla o colesterol

O colesterol – quando está alto – é um fator de risco que facilita a aparição de várias doenças, como, por exemplo, a arteriosclerose, a isquemia cerebral e infartos.

Segundo a nutricionista Maria Emília França, do Hospital Federal Cardoso Fonte, no Rio de Janeiro, o colesterol é um conjunto de gorduras necessário para o organismo exercer algumas funções, como a produção de determinados hormônios. Portanto, precisamos dele, mas é preciso ingeri-lo de forma equilibrada para manter as taxas regulares.

Alimentação saudável

Maria Emília alertou para o perigo de vários alimentos, em especial o consumo de carnes muito gordurosas, como carne de porco e linguiças, mas também queijo amarelo, biscoitos, pizzas, salgados e comidas fritas. “Não é aconselhável comer carne vermelha todo dia. É preciso variar com carnes brancas ou carne de soja. Peixes são excelentes para ajudar no controle do colesterol. E se for consumir carne vermelha é melhor que não seja frita.”, sugere Maria.

Entre os alimentos que ajudam a regular o colesterol, a profissional cita principalmente os ricos em fibra, como aveia, alimentos integrais em geral (pão, arroz, macarrão), castanhas e nozes. Ainda enfatizou a importância das frutas, principalmente as vermelhas (morango, goiaba, acerola), mas também uva. “Deve-se comer de 3 a 4 porções de frutas por dia”, recomenda Maria Emília. Legumes e verduras também devem ser alimentos diários na mesa das pessoas. Porém, lembra Emília, esses alimentos tem que entrar na dieta junto com a retirada dos mais gordurosos. “Comer pizza, ir ao fast-food, comer enlatados e congelados não tem problema quando é eventualmente. O problema é trocar sua refeição tradicional por hambúrguer. A frequência exagerada do consumo desses alimentos é o que está adoecendo as pessoas”, explica.

Mesmo com todos os cuidados com a alimentação, fica difícil controlar o colesterol sem aliar com as atividades físicas. “Quando você começa a usar atividade física você gasta a gordura acumulada e baixa o colesterol. É mais difícil controlar sem atividade física”, ressalta Maria Emília.

Mesmo quem não costuma comer muitos alimentos industrializados e gordurosos pode ter problemas com o colesterol. Além desses fatores, a hereditariedade pode determinar um colesterol alto mesmo em pessoas de hábitos saudáveis.

Esse é o caso da enfermeira Tochie Massuda. Descendente de japoneses, sempre teve uma vida alimentar baseada, principalmente, em verduras e legumes. Uma dieta pobre em gorduras, sal, praticamente sem frituras e com baixo consumo de carnes. Há três anos, nos seus exames preventivos anuais, ela descobriu que o colesterol estava alto e, sem conseguir abaixá-lo, mesmo praticando exercícios assiduamente, teve então que recorrer aos medicamentos.

“Se eu não tivesse passado pelo meu (exame) preventivo eu nem sabia que estava com o colesterol elevado. Tanto que nas minhas atividades físicas eu não sinto nada. O perigo do colesterol alto é não sentir nada e quando você se depara já está com as artérias entupidas e pode até ter um enfarto que não esperava”, relata Tochie.

O médico de Tochie apontou então o fator hereditário como o causador do desequilíbrio, uma vez que sua mãe e seus irmãos também têm colesterol elevado. Mesmo o fator hereditário sendo importante, não podemos esquecer do fator alimentação e exercícios, além do cigarro e excesso de bebida alcoólica.

Para manter o colesterol controlado e a saúde em dia, faça exames regulares, mantenha uma alimentação saudável e pratique exercícios físicos.

[7]

Qual o plano de saúde ideal para a sua família?

Vamos mostrar todas as informações necessárias para selecionar o melhor plano para você e sua família.


Conheça as formas de contratação de planos de saúde

É importante saber esta distinção porque algumas regras mudam de acordo com tipo de contratação.

Plano de saúde individual/familiar

Se você contratar o seu plano de saúde diretamente com a operadora que vende planos, o seu plano de saúde é do grupo dos planos individuais ou familiares.

Clique aqui para conhecer o que você deve saber antes de adquirir um plano de saúde individual ou familiar.

Plano de saúde coletivo

Existem dois tipos de planos coletivos: os empresariais, que prestam assistência aos funcionários da empresa contratante devido ao vínculo empregatício ou estatutário; e os coletivos por adesão, que são contratados por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos, sindicatos e associações profissionais.

Tenha em mente que, ao aderir a um contrato de plano de saúde coletivo, é como se você dissesse: “Estou de acordo com as regras desse contrato e essa empresa/sindicato/associação tem legitimidade para representar meus interesses, definir o que é melhor para mim e está autorizada a falar em meu nome sobre esse assunto.” Assim, o que for negociado entre a empresa contratante do plano e a operadora do plano valerá como regra a ser seguida por você.

Ao adquirir um plano de saúde coletivo, saiba que, em geral, as regras para esse tipo de contrato são mais flexíveis. Assim, por exemplo, no caso dos planos de saúde individuais ou familiares, a ANS limita o percentual de reajuste das mensalidades. Já no caso dos planos de saúde coletivos, a ANS apenas acompanha os reajustes de preços, que são negociados diretamente entre a operadora que comercializa o plano e a empresa, conselho, sindicato ou associação profissional que contratou o plano de saúde.

Se, após aderir ao plano, você discordar de alguma das decisões tomadas pela empresa contratante, você tem duas opções:

  • conversar com essa empresa, conselho, sindicato ou associação profissional, para que ela represente melhor seus interesses; ou
  • procurar um novo plano de saúde e desligar-se desse contrato, se possível, através da portabilidade de carências, para evitar ter que aguardar prazos de carência no novo plano. Saiba como fazer aqui.

Se quem contratou o seu plano de saúde foi o seu empregador, sindicato ou associação, aqui estão as principais informações que você deve conhecer.


O que você deve saber antes de contratar um plano

Após refletir sobre suas necessidades e selecionar o melhor plano de saúde para você e sua família, confira informações importantes antes contratar o plano.

Clique aqui para acessar as dicas para contratação de planos.

[23]

O pessoal da cidade precisa saber quais as embalagens que poluem menos!

O desafio de desenvolver embalagens ecologicamente viáveis e que aumentem a vida de prateleira dos alimentos, reduzindo perdas e deterioração das frutas e hortaliças motivou pesquisadores da Embrapa Agroindústria de Alimentos, no Rio de Janeiro (RJ), a desenvolverem um filme ativo de polpa de acerola, com características antioxidantes e antimicrobianas. A iniciativa contou com a colaboração com o Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Mais que uma barreira física, atualmente as embalagens podem atuar como fator ativo na segurança dos alimentos, na conservação e na manutenção da qualidade. Embalagens ativas têm sido utilizadas como uma das tecnologias mais promissoras para preservar alimentos perecíveis como pães, biscoitos, queijos, carnes, frutas entre outros. O filme de amido de mandioca adicionado de polpa de acerola e óleo essencial de cravo, passível de ser comestível, aponta para esse cenário.

O bioplástico de polpa de acerola possui características antioxidantes, devido ao alto teor de vitamina C e betacaroteno, e microbianas, graças à ação fungicida do óleo essencial de cravo. O material representa uma inovação para a agroindústria e contribui para a redução do desperdício de alimentos.

O produto foi desenvolvido pela pesquisadora Mônica Guimarães Farias, doutoranda em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, sob a supervisão do pesquisador Carlos Piler, da Embrapa Agroindústria de Alimentos. "Percebo que há uma visão maior para a sustentabilidade nos negócios e um interesse da indústria na utilização de plásticos com características ativas e biodegradáveis", analisa Mônica.

Redução do desperdício

No âmbito mundial, cerca de um terço dos alimentos produzidos anualmente para o consumo humano é desperdiçado. Isso equivale a cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos. Dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) confirmam que estes alimentos seriam suficientes para alimentar cerca de dois bilhões de pessoas ao redor do mundo. Na América Latina e Caribe se perdem e se desperdiçam mais alimentos do que os necessários para satisfazer as necessidades das 47 milhões de pessoas que ainda sofrem de fome na região.

As perdas e desperdícios de alimentos ocorrem ao longo de toda a cadeia alimentar: 28% se dão no âmbito do consumidor; 28% da produção; 17% no mercado e distribuição; 22% durante o manuseio e armazenamento e os 6% restantes na etapa de processamento. No Brasil, os estudos do pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Antonio Gomes, revelam que o problema do desperdício se concentra principalmente no transporte, manuseio, embalagens e a forma de comercialização de alimentos in natura, que não são adequados.

Nessa interface com os consumidores, as embalagens ativas e inteligentes devem contribuir efetivamente para a redução de perdas quantitativas e qualitativas durante a armazenagem, o transporte e a distribuição. A utilização do filme ativo aumenta a vida útil de frutas e vegetais, reduzindo perdas. As embalagens ativas protegem o alimento e têm a capacidade de inibir o crescimento de microrganismos, garantindo a qualidade e as propriedades sensoriais dos alimentos.

Para a produção do filme de acerola, é utilizado um agente fungicida natural, o óleo essencial de cravo, que se mostrou eficaz na inibição do crescimento do Penicillium sp., agente causal dos bolores de coloração azul ou verde em frutos cítricos, como laranja, limão e tangerina. Esse fungo causa o apodrecimento mais rápido das frutas acarretando prejuízos aos produtores e comerciantes, além de induzir reações alérgicas em pacientes sensíveis, o que representa uma ameaça à saúde do consumidor.

Embalagens biodegradáveis

As embalagens representam um terço do lixo doméstico e cerca de 80% delas são descartadas após serem usadas apenas uma vez. As embalagens plásticas convencionais contribuem para o esgotamento de aterros e lixões, morte dos animais, poluição das paisagens, entre outros impactos ambientais.

O polipropileno, plástico derivado do petróleo, é uma das matérias-primas mais comuns de embalagens de alimentos e bebidas, contribuindo para esse cenário. No Brasil, aproximadamente um quinto do lixo é composto por embalagens, ou seja, cerca de 30 mil toneladas desse tipo de lixo vão diariamente para os depósitos de lixo.

O problema ambiental motiva a substituição dos plásticos convencionais derivados do petróleo por plásticos biodegradáveis ou comestíveis. Os biodegradáveis degradam-se completamente no meio ambiente em pouco tempo. Os microrganismos, quando em contato com esse material, secretam enzimas que quebram suas moléculas em partículas cada vez menores. Enquanto um plástico convencional demora de quatro a cinco séculos para se decompor, o biodegradável se decompõe em poucos anos.

O recente relatório publicado pela consultoria TechSci Research revela que o mercado europeu para plásticos biodegradáveis tem previsão de crescimento de 12% no período de 2014 a 2019.

"O crescimento do mercado está sendo sustentado por vários fatores, como o aumento da consciência ambiental entre os consumidores, a aplicação de leis favoráveis ao meio ambiente e a crescente pesquisa e desenvolvimento do setor de plásticos biodegradáveis tanto no setor público, quanto no privado", afirma Karan Chechi, diretor de Pesquisa da TechSci Research.

A utilização de plásticos biodegradáveis tem aumentado significativamente em indústrias para o usuário final, tais como embalagens, produtos descartáveis de plástico e têxteis. Percebendo os benefícios oferecidos por plásticos biodegradáveis, vários estudos estão em andamento para melhorar a viabilidade comercial dessas aplicações no Brasil e em outros países.

O custo do plástico biodegradável ainda é em média três vezes maior que o convencional. A maioria das empresas que investe nesses produtos tem como interesses principais estar à frente no desenvolvimento tecnológico e contribuir para a preservação do meio ambiente, utilizando-o como um diferencial de marketing.

Os plásticos são produzidos através de um processo químico chamado polimerização, que proporciona a união química de moléculas básicas, os monômeros, para formar polímeros, normalmente produzidos a partir do petróleo.

O pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Carlos Piler, trabalha na área há nove anos e já desenvolveu outros tipos de polímeros derivados de matéria orgânica e outras fontes alternativas de amidos utilizando também partículas nanométricas (30 mil vezes menor que a espessura de um fio de cabelo) em sua composição.

Os polímeros biodegradáveis apresentam reduzido impacto ambiental, já que podem ser consumidos junto com os alimentos ou serem mais rapidamente e facilmente degradados pela ação de microrganismos no solo e convertidos em adubo orgânico em compostagem. Seus projetos estão vinculados à Rede AgroNano que engloba os maiores especialistas do País em nanotecnologia para o agronegócio.

"Nossa meta agora é ampliar a produção desses bioplásticos para uma escala industrial com o uso da técnica de extrusão termoplástica, e continuar trabalhando na melhoria da resistência mecânica e no controle da permeabilidade a gases, de forma a validar as possíveis aplicações", conta o pesquisador.

[22]


*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados.