Blog de Notícias de IBATIBA








Sobre a sexualidade

“Não posso ver mérito algum em se ter vergonha da sexualidade”, Freud. No percurso para desdobrar conceitos sobre a sexualidade, me deparei com maneiras de conhecimento que transitam entre a anomalia e …

Governo anuncia abertura de mais de 220 leitos em hospitais do Estado

O Governo Estadual anunciou nesta quarta-feira (01) mais de 220 leitos no Espírito Santo. Além disso, haverá conclusões de obras de hospitais e ampliação do Samu. No Hospital Dória Silva, na Serra, serão 63 leitos criados; o Hospital Estadual de ...

MUDANÇA DE DATA: O 2º Golden Stone Adventure e o 2º Auto Cross Golden Stone deverão ser efetuados nos dias 20 e 21 de junho.

O 2º Golden Stone Adventure e o 2º Auto Cross Golden Stone serão realizados nos dias 20 e 21 de junho em Pedra Dourada. A mudança da data se fez necessária em decorrência de outro tradicional Encontro…

Agricultor é morto a tiros em Viana

A vítima era do município de Ibatiba, no Sul do Estado, e morava há apenas cinco meses no local. Foto: Bernardo Coutinho - GZ Jhonatan Silva, filho de Ronaldo Pineiro da SIlva, morto a tiros em Marcílio de Noronha De acordo com informações da ...

Menina de 4 anos morre após acidente de carro na BR-262, no ES

Acidente aconteceu no trevo que dá acesso a Irupi, no Sul do estado. A vítima chegou a ser socorrida, mas teve parada cardiorrespiratóri a. …

Lavrador é morto no quintal de casa em interior de Ibatiba

Dalmázio Jose de Oliveira chegou a ser socorrido para o Pronto Socorro de Ibatiba, mas não resistiu Um lavrador de ... Dalmázio foi atingido por 5 disparos, nos braços, tórax e abdômen. Ferido, ele ainda correu para dentro da residência e caiu ...

Colisão entre dois veículos com seis feridos na BR-262

PEQUIÁ (ES) - A Polícia Rodoviária Federal do Espírito Santo registrou acidente envolvendo dois veículos na BR-262, próximo ao acesso para Irupi/Santa Cruz, na região de Pequiá (ES), na manhã deste do…

Menina de 4 anos morre após acidente de carro na BR-262, no ES

Acidente aconteceu no trevo que dá acesso a Irupi, no Sul do estado.A vítima chegou a ser socorrida, mas teve parada cardiorrespiratóri a.Do G1 ES, com informações de A Gazeta*FACEBOOKCrian&cced il;a morre apó…

SEBRAE FIRMA PARCERIA COM O MUNICÍPIO DE BOM JESUS DO NORTE-ES PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

O Prefeito de Bom Jesus do Norte(ES), Ubaldo Martins esteve reunido na ultima segunda (16/03) com representantes do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES), para di…

PLANTIO DE EUCALIPTO DIMINUI FLUXO DE ÁGUA NO CAPARAÓ

 Desde que o eucalipto chegou ao Brasil, se discute seus benefícios e prejuízos. Na região do Caparaó, no sul do Estado, houve município, inclusive, que chegaram a proibir seu cultivo, baseado em estu…

AMÉRICA ESPÍRITA - ANO XVIII - N.190 - MARÇO 2015

Lo que necessitamosexplicar del EspiritismoCada vez que una persona pregunta que es el Espiritismo, despierta naturalmente una especie de tensión, porque no es fácil explicar en pocas palabras una cue…

VII FÓRUM DO LIVRE-PENSAR ESPÍRITA

A tradição espírita livre-pensadora é tema do Fórum do Espírito SantoHerivelto Carvalho (foto), delegado da CEPA em Ibatiba/ES, está confirmando a realização, de 29 a 31 de maio próximo, no estado do …

Últimas notícias de IBATIBA ES:


Lavrador é morto no quintal de casa em interior de Ibatiba Dalmázio Jose de Oliveira chegou a ser socorrido para o Pronto Socorro de Ibatiba, mas não resistiu Um lavrador de ... Dalmázio foi atingido por 5 disparos, nos braços, tórax e abdômen. Ferido, ele ainda correu para dentro da residência e caiu ...

Agricultor é morto a tiros na frente da família em Viana, ES Um agricultor de 42 anos foi assassinado a tiros na frente da esposa e do filho, de 6 anos, na porta de casa, na noite deste sábado (28), em Marcílio de Noronha, Viana. Ronaldo Pinheiro da Silva era do município de Ibatiba, no Sul do Estado, e morava ...

IBATIBA ES tspan:3m IBATIBA ES


Agricultor é assassinado no portão de casa em Viana e motivação do crime é mistério para a polícia e que mora próximo de onde o crime aconteceu, a dupla suspeita já observava a região. De acordo com amigos, Ronaldo já havia sofrido uma tentativa de homicídio. Há cerca de um ano, ele foi baleado em Ibatiba, no interior do Estado, onde morava com a ...

Menina de 4 anos morre após acidente de carro na BR-262, no ES A menina chegou a ser socorrida, mas teve parada cardiorrespiratóri a e não resistiu. A mãe foi levada para o Hospital Nossa Senhora da Penha, em Ibatiba, e deve ser transferida para o São Lucas, em Vitória. Já o avô foi levado para o pronto ...

Tora de eucalipto atinge trabalhador IBATIBA (ES) - Um homem foi atingido na cabeça, na terça (17/03), por uma tora de eucalipto enquanto trabalhava em uma fazenda no Córrego Santa Maria de Baixo, zona rural de Ibatiba. Josué Pinheiro Teixeira, de 21 anos, morador do Bairro São José ...

Reviver dá início ao programa de capacitação As aulas são de 8h30 às 16h30 e vão até o dia 25 de abril. Técnicos de Mimoso do Sul, Cachoeiro de Itapemirim, Presidente Kennedy, Piúma, Ibatiba e Vargem Alta estão inscritos na formação que terá 120 horas divididas em aulas teóricas ...

REUNIÃO ENTRE RELIGIOSOS PRESENTES NA DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM Religiosos das Ordens e Congregaçõe s Religiosas presentes na Diocese de Cachoeiro de Itapemirim, incluindo os presbíteros, estiveram presentes na manhã de ontem, 31, no Seminário Bom Pastor, em Cachoe…





Siga-nos e receba notícias e assuntos de interesse das cidades

Como funciona o CONSTRUCARD em IBATIBA

O ConstruCard é o financiamento que a Caixa oferece para você adquirir materiais de construção. Você tem de 2 até 6 meses para comprar tudo o que precisar e, durante este período, paga somente os juros dos valores utilizados.

Após o período de compras, você tem até 238 meses para pagar as prestações do financiamento, não podendo a soma total do prazo de utilização e de amortização ultrapassar 240 meses.

Além da facilidade do débito direto em sua conta corrente, você ainda realiza suas compras por meio do cartão de débito personalizado.

Você pode utilizar o ConstruCard para a compra de qualquer tipo de material de construção, além de armários embutidos, piscinas, elevadores, aquecedores solares, aerogeradores e equipamentos de energia fotovoltaica. O financiamento tem duas fases: utilização e amortização.

A primeira fase destina-se à realização das compras do seu material de construção. Durante esse período, que pode variar entre 2 e 6 meses, você paga somente os juros das compras realizadas.

A segunda fase, que pode variar entre 1 e 238 meses, destina-se à amortização do saldo devedor, ou seja, o pagamento mensal das prestações até a quitação do financiamento. Essa fase começa após o término do prazo definido para as compras.

Garantias: aval, alienação fiduciária de bem móvel, caução de depósitos/aplicação financeira ou alienação fiduciária de bem imóvel.

Sistema de amortização: Tabela Price.

O prazo é conforme relacionamento. Para mais informações, consulte a Agência Caixa de sua preferência. [4]




Campanha do governo para melhorar a cidade de IBATIBA

Uma cidade resiliente é aquela que tem a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre e de maneira organizada prevenir que vidas e bens sejam perdidos.

O lançamento no Brasil da Campanha Construindo Cidades Resilientes: Minha Cidade está se Preparando, da Estratégia Internacional para a Redução de Desastres (EIRD), da Organização das Nações Unidas (ONU), é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, e pretende sensibilizar governos e cidadãos para os benefícios de se reduzir os riscos por meio da implementação de 10 passos para construir cidades resilientes.

Conscientes de que o município é quem realiza a primeira resposta em situações de crises e emergências, é fundamental que os governos locais e a sociedade civil organizada unam esforços, integrem todos os setores da sociedade e desenvolvam soluções inovadoras que engajem suas cidades na redução das vulnerabilidades. Para isso, é necessário que o município se reconheça como público alvo e agente promotor e realizador da Campanha.

O objetivo da ação é aumentar o grau de consciência e compromisso em torno das práticas de desenvolvimento sustentável, como forma de diminuir as vulnerabilidades e propiciar o bem estar e segurança dos cidadãos.

A redução de riscos de desastres ajuda na diminuição da pobreza, favorece a geração de empregos e oportunidades comerciais, a igualdade social, ecossistemas mais equilibrados e ainda atua nas melhorias das políticas de saúde e de educação.

PARTICIPE

Como Cidade Modelo

Sua cidade já atingiu grandes conquistas em direção à resiliência? Sua gestão pública e seus cidadãos estão dispostos a integrar o portfõlio de cidades resilientes e mostrar boas práticas em pelo menos cinco dos dez passos da campanha? Como governante você está disposto a dar oportunidade para que outros governos locais aprendam com sua experiência? Torne-se uma Cidade Modelo e compartilhe seu sucesso com o mundo. As Cidades Modelo ganharão destaque na campanha, e certamente favorecerão investimentos internos e externos num futuro prõximo.

Como Cidade Resiliente

Se você é um gestor público que está iniciando o trabalho em redução de risco em seu município, investindo no planejamento e na gestão de risco local, assuma o compromisso de ampliar a resiliência e segurança frente a desastres e faça parte da campanha.

Se você integra um grupo comunitário, ONG ou membro de outra organização em seu município e deseja apoiar a campanha, comprometa-se como os objetivos da campanha trabalhando com o governo local para aumentar a resiliência a desastres em sua cidade.

Como Patrono de Cidade Modelo

Como representante de uma cidade resiliente você pode nomear um líder comunitário, prefeito, governador ou outra figura influente de sua localidade que esteja disposto a participar da campanha para encorajar e apoiar outros municípios.

Como Participar

Formulário de Inscrição - Cidades Participantes

10 PASSOS

A campanha propõe uma lista de passos essenciais para construção de cidades resilientes que podem ser implantados por prefeitos e gestores públicos locais. A lista origina-se das cinco prioridades do Marco de Ação de Hyogo, um instrumento chave para ações de redução de riscos de desastres. Alcançando todos, ou mesmo alguns dos dez passos, as cidades passarão a adotar uma postura resiliente. Estruture seu Conselho Municipal e, junto aos gestores públicos locais, participe agora mesmo da Campanha!

1. Estabeleça mecanismos de organização e coordenação de ações com base na participação de comunidades e sociedade civil organizada, por meio, por exemplo, do estabelecimento de alianças locais. Incentive que os diversos segmentos sociais compreendam seu papel na construção de cidades mais seguras com vistas à redução de riscos e preparação para situações de desastres.

2. Elabore documentos de orientação para redução do risco de desastres e ofereça incentivos aos moradores de áreas de risco: famílias de baixa renda, comunidades, comércio e setor público, para que invistam na redução dos riscos que enfrentam.

3. Mantenha informação atualizada sobre as ameaças e vulnerabilidades de sua cidade; conduza avaliações de risco e as utilize como base para os planos e processos decisõrios relativos ao desenvolvimento urbano. Garanta que os cidadãos de sua cidade tenham acesso à informação e aos planos para resiliência, criando espaço para discutir sobre os mesmos.

4. Invista e mantenha uma infraestrutura para redução de risco, com enfoque estrutural, como por exemplo, obras de drenagens para evitar inundações; e, conforme necessário invista em ações de adaptação às mudanças climáticas.

5. Avalie a segurança de todas as escolas e postos de saúde de sua cidade, e modernize-os se necessário.

6. Aplique e faça cumprir regulamentos sobre construção e princípios para planejamento do uso e ocupação do solo. Identifique áreas seguras para os cidadãos de baixa renda e, quando possível, modernize os assentamentos informais.

7. Invista na criação de programas educativos e de capacitação sobre a redução de riscos de desastres, tanto nas escolas como nas comunidades locais.

8. Proteja os ecossistemas e as zonas naturais para atenuar alagamentos, inundações, e outras ameaças às quais sua cidade seja vulnerável. Adapte-se às mudanças climáticas recorrendo a boas práticas de redução de risco.

9. Instale sistemas de alerta e desenvolva capacitações para gestão de emergências em sua cidade, realizando, com regularidade, simulados para preparação do público em geral, nos quais participem todos os habitantes.

10. Depois de qualquer desastre, vele para que as necessidades dos sobreviventes sejam atendidas e se concentrem nos esforços de reconstrução. Garanta o apoio necessário à população afetada e suas organizações comunitárias, incluindo a reconstrução de suas residências e seus meios de sustento.

Idéias para o alcance dos 10 passos

Convencer

Aumentar o grau de compromisso com a urbanização sustentável, a qual reduzirá o risco de desastres em todas as esferas governamentais e contribuirá para todos os níveis da tomada de decisões.

Como?

Ao organizar mesas redondas e promover diálogos sobre políticas entre as autoridades nacionais e locais em fõruns nacionais, regionais e internacionais, emcabezados por prefeitos, com o propõsito de obter "pactos" nacionais e locais de compromisso.

Estabelecer conexões

Estabelecer alianças de trabalho entre as autoridades locais e nacionais, junto com atores locais , os grupos da sociedade civil, o setor acedêmico e as organizações de especialistas.

Como?

Ao criar iniciativas duradouras de colaboração entre os diferentes atores em um marco de uma "Aliança de Governos Locais para a Redução do Risco de Desastres" e mediante plataformas e grupos regionais de trabalho.

Informar

Incrementar o grau de consciência sobre o risco de desastres urbanos e informar as pessoas sobre a maneira que os governos locais e cidadãos podem abordar o risco como parte do planejamento de desenvolvimento, a construção de escolas e hospitais mais seguros e o fortalecimento dos serviços que prestam os governos locais.

Como?

Ao organizar reuniões públicas, iniciar diálogos, promover simulados e outras atividades locais, levar a frente atividades de grande notoriedade e fazer participantes os meios de comunicação, comprometer-se com escolas e hospitais seguros (o sistema de compromisso em linha) e planejar outras atividades de sensibilização pública.

Aprender

Aumentar o grau de conhecimento e melhorar o acesso as ferramentas, a tecnología e oportunidades para o desenvolvimento de capacidades para os governos e atores locais

Como?

Ao desenvolver, em colaboração com pesquisadores, profissionais, centros de capacitação e cidades que servem como modelos exemplares, um "Marco de Hyogo" para as autoridades, mediante um processo de aprendizagem, capacitação, cooperação técnica e orientação de cidade a cidade sobre a forma de executar áreas específicas do MAH no âmbito local.

Medir o progresso

Comunicar o progresso e o êxito alcançado pelos governos locais na consecução dos Dez Passos para a Resiliência das Cidades

Como?

Ao formar parte da geração de informes globais sobre a execução do MAH e ao recompilar e compartir boas práticas e experiências. [31]



Governo anuncia abertura de mais de 220 leitos em hospitais do Estado


O Governo Estadual anunciou nesta quarta-feira (01) mais de 220 leitos no Espírito Santo. Além disso, haverá conclusões de obras de hospitais e ampliação do Samu. No Hospital Dória Silva, na Serra, serão 63 leitos criados; o Hospital Estadual de ...



Agricultor é morto a tiros em Viana


A vítima era do município de Ibatiba, no Sul do Estado, e morava há apenas cinco meses no local. Foto: Bernardo Coutinho - GZ Jhonatan Silva, filho de Ronaldo Pineiro da SIlva, morto a tiros em Marcílio de Noronha De acordo com informações da ...
Lavrador é morto no quintal de casa em interior de Ibatiba Dalmázio Jose de Oliveira chegou a ser socorrido para o Pronto Socorro de Ibatiba, mas não resistiu Um lavrador de ... Dalmázio foi atingido por 5 disparos, nos braços, tórax e abdômen. Ferido, ele ainda correu para dentro da residência e caiu ...
Agricultor é morto a tiros na frente da família em Viana, ES Um agricultor de 42 anos foi assassinado a tiros na frente da esposa e do filho, de 6 anos, na porta de casa, na noite deste sábado (28), em Marcílio de Noronha, Viana. Ronaldo Pinheiro da Silva era do município de Ibatiba, no Sul do Estado, e morava ...
Agricultor é assassinado no portão de casa em Viana e motivação do crime é mistério para a polícia e que mora próximo de onde o crime aconteceu, a dupla suspeita já observava a região. De acordo com amigos, Ronaldo já havia sofrido uma tentativa de homicídio. Há cerca de um ano, ele foi baleado em Ibatiba, no interior do Estado, onde morava com a ...
Menina de 4 anos morre após acidente de carro na BR-262, no ES A menina chegou a ser socorrida, mas teve parada cardiorrespiratóri a e não resistiu. A mãe foi levada para o Hospital Nossa Senhora da Penha, em Ibatiba, e deve ser transferida para o São Lucas, em Vitória. Já o avô foi levado para o pronto ...

Segurem as calças em IBATIBA: Brasil vai sofrer em 2015 a pior crise em 25 anos

De acordo com os números compilados hoje pelo Financial Times, esta foi mais uma semana de indicadores negativos para o Brasil, cuja situação económica "fica mais negra semana após semana".

A altura para a revisão em baixa das expetativas sobre a recessão este ano, de 0,5% para 0,66%, não ajuda a evolução do câmbio do real, acrescenta o jornal, lembrando que a moeda brasileira passou a marca dos 3 reais por dólar na semana passada, e já caiu mais 1,1% hoje para 3,1 reais por dólar, o valor mais negativo dos últimos dez anos e meio.

O real, de resto, é a moeda com o pior desempenho este ano, e caiu em 15 das últimas 18 sessões, ao passo que as ações na bolsa brasileira caíram pelo quarto dia consecutivo, caindo 1,7%, o valor mais baixo das últimas três semanas.

Também nos juros exigidos pelos investidores para negociarem em dívida pública a 10 anos são negativos, sendo "os piores da região", escreve o FT, notando que já vão nos 4,875%.

No domingo, a Bloomberg tinha noticiado que o acesso das empresas brasileiras aos mercados financeiros estava, na prática, congelado há quatro meses, data da última emissão de dívida internacional, refletindo a falta de confiança dos investidores.

De acordo com a agência Bloomberg, a última vez que as empresas brasileiras estiveram quatro meses sem recorrer a financiamento externo aconteceu em 2008, na sequência da implosão do Lehman Brothers, quando o crédito internacional ficou basicamente congelado.

A ausência de empréstimos internacionais é emblemática da maneira como o Brasil se degradou aos olhos dos investidores estrangeiros, na sequência do escândalo financeiro envolvendo as ligações entre a Petrobras e a classe política e da estagnação da economia, que levou os juros exigidos pelos investidores para emprestarem dinheiro a subir seis vezes mais que a média dos outros mercados emergentes.

No ano passado, por esta altura, as empresas brasileiras já tinham contraído 7,5 mil milhões de dólares de dívida nos mercados internacionais.

A Petrobras não emite dívida internacional desde Março do ano passado.

A Moody´s desceu o ´rating´ da empresa em dois níveis, para o patamar abaixo de investimento, conhecido como ´lixo´, no final de fevereiro, o segundo corte em menos de um mês, precisamente devido à possibilidade de a investigação judicial em curso poder impedir o acesso ao financiamento.

O corte no ´rating´ da Petrobras é uma das 28 ações de degradação do ´rating´ que as empresas brasileiras já sofreram desde Janeiro. [17]


Calote do Minha Casa Melhor em IBATIBA ?

O Programa Minha Casa Melhor passa por uma revisão devido à taxa de inadimplência apresentada, disse a presidenta Dilma Rousseff nesta sexta-feira (6).

Segundo Dilma, o governo avalia mudanças no modelo do programa, que poderá ser incluído – de forma mais simples – no Minha Casa Minha Vida.

No fim de fevereiro, a Caixa Econômica Federal confirmou a suspensão do Minha Casa Melhor para novos contratos.

“Estamos revendo, porque, ao contrário do Minha Casa Minha Vida, que tem baixa inadimplência, o Minha Casa Melhor começou com inadimplência. Então, estamos avaliando incluí-lo no Minha Casa Minha Vida, de forma mais simples. Esse é um processo de avaliação”, informou a presidenta, após participar da entrega de unidades habitacionais do Minha Casa Minha Minha Vida em Araguari (MG).

Dilma Rousseff não descartou a possibilidade de retorno do Minha Casa Melhor ainda este ano. “Em 2011, fizemos ajustes [no Minha Casa Minha Vida], o que nos obrigou a começar a contratar apenas no fim do ano. Muito provavelmente vai ocorrer. A gente vai fazendo ajustes, porque tem de discutir, construir um consenso em torno destes três anos futuros”, completou a presidenta.

Lançado em 2013, o programa facilita a aquisição de móveis e eletrodomésticos para famílias inscritas no Minha Casa Minha Vida. A Caixa oferece a cada beneficiário do programa habitacional crédito subsidiado de até R$ 5 mil, a juros de 5% ao ano e prazo de 48 meses para pagamento. A suspensão do programa não representa mudanças para beneficiários com contratos em vigor. [6]



*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados. Selecionamos as principais notícias da cidade de IBATIBA ES. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura. O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento. Tags: Últimas Notícias, IBATIBA ES, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos, NEWS LATEST LOCAL NEWSPAPPER.