Blog de Notícias de FAXINAL DOS GUEDES








Municípios mantêm bloqueios nas rodovias de SC, mas sem confrontos com a polícia

A entrada de Xaxim também foi bloqueada no começo da noite, gerando extensas filas na rodovia. Em Faxinal dos Guedes, os manifestantes enfrentaram chuva e realizaram uma passeata, com apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas. O advogado Adelino Bortolon ...

Teori Zavascki ministrará aula magna da Escola do Ministério Público em Florianópolis

Natural de Faxinal do Guedes, interior de Santa Catarina, Teori Zavascki é Ministro do STF desde 29 de novembro de 2012, quando foi indicado pela Presidente Dilma Rousseff para substituir a vaga deixada pela aposentadoria de Cezar Peluso. Zavascki também ...

Colisão entre três veículos em Xaxim

Um acidente no trânsito envolveu três veículos no início da tarde desta quarta-feira (04) na BR 282 em Xaxim próximo ao Acaci Hotel.     Envolvidos uma camionete Iveco placas de Xaxim que trafegava …

Senar/SC capacita cerca de 6,5 mil famílias rurais em março

Cerca de 6,5 mil produtores rurais de Santa Catarina poderão participar neste mês de março ... de instalação e manutenção de redes elétricas em Alto Bela Vista, de Programa 5S em Faxinal dos Guedes e presuntaria e salamaria de carne suína em ...

Veja os pontos de bloqueios nas estradas do país neste domingo

Caminhoneiros protestam no Centro-Oeste e no Sul do país. Há bloqueios em estradas de MT, PR, RS e SC. …

Caminhoneiros mantém interdições em 11 localidades do Sul do país

... Federal informa que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com seis pontos de bloqueio, em Ponte Serrada, Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. No Rio Grande do Sul, ainda de acordo com a polícia, a localidade ...

Moradores de Indaial fazem protesto na BR-470 em apoio a caminhoneiros

Manifestaçã o acontece no quilômetro 71 da rodovia na tarde deste sábado. Cerca de 200 pessoas participam do protesto na localidade do Vale do Itajaí. …

Em falta, gasolina chega a ser vendida a R$ 4,30 o litro em Chapecó

Filas se formam nos poucos postos da localidade que possuem o produto. Bloqueio dos caminhoneiros dificulta abastecimento das bombas. …

Veja os pontos de bloqueios nas estradas do país neste domingo

Caminhoneiros mantêm estradas bloqueadas em estados do Sul do país. Há interdições no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. …

Caminhoneiros mantêm ao menos 27 bloqueios em rodovias no Sul

PUBLICADO AQUI DIA 28 DE FEVEREIRO DE 2015FONTE:DN Apesar das multas de até R$ 10 mil por hora de paralisação , caminhoneiros permanecem bloqueando, na manhã deste sábado (28), ao menos 27 pontos em r…

Capotamento com duas vítimas em Faxinal dos Guedes

O acidente foi na BR 282 Km 497,6 às 17h15min   Ocorreu saída de pista seguida de capotamento envolvendo veículo GM Celta placas ILR 7262 de Xanxerê conduzido por Analice Jovania Sobcsik, 33 anos, co…

Homicídio em Xanxerê: homem morre após receber vários tiros

As polícias de Faxinal dos Guedes, Xanxerê e Ipumirim detiveram, em trabalho conjunto, um cidadão suspeito de matar outro homem no município de Xanxerê. O caso aconteceu por volta das 18 horas de onte…

Empresário de Concórdia fala sobre momentos de terror em assalto

A madrugada de sexta-feira, 06, para sábado, 07, foi marcada por um assalto cinematográfico em Concórdia. A família do empresário Vanderlei Garcia da Silva foi vítima de bandidos, que renderam ele e a…

Últimas notícias de FAXINAL DOS GUEDES SC:

 Caminhoneiros mantém interdições em 11 localidades do Sul do país ... Federal informa que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com seis pontos de bloqueio, em Ponte Serrada, Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. No Rio Grande do Sul, ainda de acordo com a polícia, a localidade ...

Protestos dos caminhoneiros diminuem nas estradas do Sul do país ... Federal informa que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com cinco pontos de bloqueio parciais, em Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. Também há três bloqueios parciais em na BR-163, em Guarujá ...

FAXINAL DOS GUEDES SC tspan:3m FAXINAL DOS GUEDES SC


Protestos dos caminhoneiros diminuem nas estradas do Sul ... Federal comunica que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com seis pontos de bloqueio, em Ponte Serrada, Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. No Rio Grande do Sul, ainda de acordo com a polícia, a localidade ...

Paraná tem domingo sem bloqueios em estradas estaduais ... Federal informa que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com seis pontos de bloqueio, em Ponte Serrada, Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. No Rio Grande do Sul, ainda de acordo com a polícia, a localidade ...

Pelo 12º dia, caminhoneiros bloqueiam trechos de rodovias em SC em Faxinal dos Guedes BR-282, no km 505, em Xanxerê BR-282, no km 581,7, em Pinhalzinho BR-282, no km 605 (trevo), em Maravilha BR-282, no km 645,6, em São Miguel do Oeste SC-157, km 1, em São Lourenço do Oeste SC-157, no km 54,48, em Quilombo SC-160 ...

Justiça de SC determina multa diária de R$ 10 mil para caminhoneiros em Faxinal dos Guedes BR-282, no km 505, em Xanxerê BR-282, no km 571, em Nova Erechim BR-282, no km 645,6, em São Miguel do Oeste BR-470, no km 316, em Campos Novos BR-470, no km 252, em Curitibanos SC-355, no km 49, em Videira SC-157, no km 54,48 ...

Manifestação de caminhoneiros atinge pelo menos 18 trechos de rodovias federais em Santa Catarina Na manhã desta sexta-feira, o protesto dos caminhoneiros atingiu 18 trechos das rodovias federais de Santa Catarina. De acordo com as informações ... em São Miguel do Oeste no km 645,6, em Faxinal dos Guedes, no km 485 e Nova Erechim, no km 571.





Siga-nos e receba notícias e assuntos de interesse das cidades

Veja quando serão feitos os pagamentos do INSS em FAXINAL DOS GUEDES

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia os depósitos dos benefícios dos segurados que recebem acima do salário mínimo a partir de 2 de fevereiro.

Nessa data, serão liberados os valores de quem possui cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito.

Os aposentados e pensionistas que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 9, desconsiderando-se o dígito também tem os benefícios pagos nesta segunda-feira.

Os depósitos de benefícios do mês de janeiro seguem até o dia 6 de fevereiro. Acesse as datas de depósito dos benefícios.

Os depósitos da folha de janeiro já vêm com os valores reajustados de acordo com o mínimo vigente (R$ 788) e com a inflação para quem recebe acima do salário mínimo.

O índice de reajuste para os benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com valor acima do salário mínimo foi 6,23%. Os dados foram atualizados pelo INPC de 2014, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A folha de pagamento do INSS paga atualmente mais de 32 milhões de benefícios e injeta na economia do país mais de R$ 29 bilhões todos os meses.

Extrato

O Extrato de Pagamento de Benefícios já está disponível para consulta dos segurados nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato permite ao segurado visualizar o valor do pagamento dos benefícios.

O serviço é decorrente do contrato firmado entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e as instituições financeiras que pagam, todos os meses, mais de 32 milhões de benefícios.

A consulta do extrato pode ser feita também no site da Previdência Social. Basta acessar a Agência Eletrônica e fazer a consulta. Os segurados conseguem apenas visualizar o extrato do mês corrente, caso precisem das informações dos meses anteriores devem comparecer a uma Agência de Previdência Social. [27]




Trabalho em FAXINAL DOS GUEDES. Como fica o meu plano de saúde se for demitido?

Permanecer com o plano de saúde oferecido pela empresa após ser demitido, ainda que tenha que pagar por ele, pode representar um benefício significativo, principalmente considerando o fato de que firmar um contrato de plano de saúde individual tem se tornado uma tarefa cada vez mais difícil. Muitas operadoras colocam empecilhos para quem procura um plano apenas para si.

O artigo 30 da lei número 9656/98, que rege o assunto, prevê que no caso de rescisão ou exoneração do contrato de trabalho sem justa causa, “é assegurado o direito de manter sua condição de beneficiário, nas mesmas condições de cobertura assistencial de que gozava quando da vigência do contrato de trabalho, desde que assuma seu pagamento integral”, diz um trecho da lei.

Mas, para que o ex-funcionário possa manter este benefício, ele precisa ter contribuído, total ou parcialmente, com o plano de saúde empresarial, explica a advogada Camila de Oliveira Santos, do escritório Maluf e Moreno Advogados Associados. “O empregado deve informar o interesse de permanecer com o plano, no prazo máximo de 30 dias após a formalização da dispensa”, diz Camila. E cabe à empregadora comunicar ao trabalhador a existência dessa possibilidade.

Em relação ao período de permanência após a rescisão do contrato, a lei obriga as empresas a manter os ex-funcionários por um prazo de até dois anos. O tempo de permanência previsto na legislação é equivalente a um terço do período que o funcionário permaneceu na organização. “Entretanto, existe um prazo mínimo (que é de seis meses) e máximo (24 meses) de permanência”, sinaliza Camila. Logo, mesmo o trabalhador que tiver ficado pouco tempo na organização terá direito a no mínimo meio ano de cobertura. Contudo, o benefício cessa caso o trabalhador obtenha novo emprego que lhe forneça outro plano de saúde.

Camila explica ainda que a lei também se aplica a quem se aposenta. Nesses casos, quem possui um plano de saúde por um período igual ou superior a dez anos tem direito a permanecer com o benefício nos mesmos moldes por prazo indeterminado, desde que assuma o pagamento integral do plano. Já quem está no plano há menos de dez anos pode estender o benefício pelo prazo equivalente ao que permaneceu nele.

Impactos para as empresas

Ainda que as organizações não sejam obrigadas a custear qualquer valor para o ex-funcionário que escolhe a extensão do benefício, , essa opção pode ter reflexos no valor do contrato que as empresas mantêm com as operadoras de planos de saúde empresarial. Isso porque esses contratos, geralmente, possuem cláusula de sinistralidade, ou seja, o contrato prevê uma margem de utilização. “Por mais que o ex-funcionário passe a pagar pelo plano, ele continua a integrar a apólice da empresa, o que pode contribuir para que a margem de utilização seja ultrapassada”, explica Camila. Segundo ela, no momento de renovar o contrato, as operadoras costumam reajustar o valor em até 100% por causa da cota excedida.

A desvantagem iminente tem feito algumas empresas estudarem formas de efetuar mudanças nos desenhos de seus planos, a fim de evitar a obrigatoriedade de estendê-los para seus ex-empregados. É o que mostra um estudo feito pela consultoria Watson Wyatt, com cerca de 170 empresas de diferentes portes e segmentos.

Segundo a pesquisa, mais de 60% das empresas estão condicionadas à lei. Desse total, 13% afirmam já ter tomado providências para não precisarem mais beneficiar quem não integra seu quadro. Elas alegam que o custo criado pelos inativos não é corretamente avaliado para fins contábeis, especialmente quando ele está na mesma apólice dos ativos, o que ocorre em 76% dos casos.

Além dos impactos na sinistralidade do contrato, essa situação pode implicar em subsídio indireto da empresa e dos empregados ativos, uma vez que a tendência é que os participantes de idade mais avançada criem despesas mais elevadas. Dentre as pesquisadas, 29% já precisaram assumir parte dos custos do plano médico dos inativos e pelo menos 5% sofreram ações judiciais por conta dos valores cobrados, uma vez que estes números costumam ser superiores aos debitados do trabalhador enquanto estava na empresa.

Fonte: www.canalrh.com.br - Por: Leandro Fernandes

www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/jornal92/economia_plano_saude.aspx [0]



Teori Zavascki ministrará aula magna da Escola do Ministério Público em Florianópolis


Natural de Faxinal do Guedes, interior de Santa Catarina, Teori Zavascki é Ministro do STF desde 29 de novembro de 2012, quando foi indicado pela Presidente Dilma Rousseff para substituir a vaga deixada pela aposentadoria de Cezar Peluso. Zavascki também ...



Senar/SC capacita cerca de 6,5 mil famílias rurais em março


Cerca de 6,5 mil produtores rurais de Santa Catarina poderão participar neste mês de março ... de instalação e manutenção de redes elétricas em Alto Bela Vista, de Programa 5S em Faxinal dos Guedes e presuntaria e salamaria de carne suína em ...
Caminhoneiros mantém interdições em 11 localidades do Sul do país ... Federal informa que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com seis pontos de bloqueio, em Ponte Serrada, Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. No Rio Grande do Sul, ainda de acordo com a polícia, a localidade ...
Protestos dos caminhoneiros diminuem nas estradas do Sul do país ... Federal informa que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com cinco pontos de bloqueio parciais, em Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. Também há três bloqueios parciais em na BR-163, em Guarujá ...
Protestos dos caminhoneiros diminuem nas estradas do Sul ... Federal comunica que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com seis pontos de bloqueio, em Ponte Serrada, Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. No Rio Grande do Sul, ainda de acordo com a polícia, a localidade ...
Paraná tem domingo sem bloqueios em estradas estaduais ... Federal informa que a BR-282 é a mais prejudicada em Santa Catarina, com seis pontos de bloqueio, em Ponte Serrada, Pinhalzinho, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Faxinal dos Guedes. No Rio Grande do Sul, ainda de acordo com a polícia, a localidade ...

Saiba quanto custa financiar pela Caixa em FAXINAL DOS GUEDES ?

A Caixa Econômica Federal lançou o novo simulador de financiamento habitacional. A nova ferramenta está disponível no site do banco (www.caixa.gov.br). Segundo a Caixa, o leiaute, mais simples e intuitivo, facilita o preenchimento dos dados e agiliza a resposta ao usuário.

Outro diferencial é a opção de iniciar a simulação a partir da capacidade de pagamento. Com o preenchimento de apenas quatro campos, o novo simulador calcula o valor máximo de financiamento que o cliente pode tomar, bem como o valor máximo de prestação que ele pode assumir. Caso prefira, o cliente pode ir direto para a simulação completa.

Em seguida o simulador apresenta sugestões de valores de financiamento e prazos compatíveis com este comprometimento mensal, auxiliando o cliente a definir o valor do imóvel a ser adquirido.

Após escolher o valor e o prazo, basta o cliente confirmar o tipo e local do imóvel que deseja financiar, e inserir dados como: data de nascimento do proponente de maior idade; tempo de serviço, se tiver mais de três anos de trabalho sob regime do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); e se já foi beneficiado com algum subsídio da União. Não é necessário reinserir os dados que já foram informados no início da simulação.

Para o vice-presidente de Habitação do banco, José Urbano Duarte, o novo simulador contribui para uma melhor experiência do cliente nos processos de compra e financiamento do imóvel. “O novo simulador inaugura uma nova forma de interação do cliente com o crédito imobiliário, uma vez que é mais intuitivo e possui uma interface mais amigável e atual, além de permitir uma resposta imediata a uma primeira necessidade do cliente, ao buscar um simulador: quanto posso financiar na Caixa?”, explica.

As novas funcionalidades foram desenvolvidas com base em pesquisa, realizada em sites de bancos nacionais e internacionais. As principais facilidades incorporadas estão focadas na expectativa do cliente ao buscar um simulador de financiamento, reforçando a transparência e a simplicidade no atendimento. [34]


Trabalho em FAXINAL DOS GUEDES. Como fica o meu plano de saúde se for demitido?

Permanecer com o plano de saúde oferecido pela empresa após ser demitido, ainda que tenha que pagar por ele, pode representar um benefício significativo, principalmente considerando o fato de que firmar um contrato de plano de saúde individual tem se tornado uma tarefa cada vez mais difícil. Muitas operadoras colocam empecilhos para quem procura um plano apenas para si.

O artigo 30 da lei número 9656/98, que rege o assunto, prevê que no caso de rescisão ou exoneração do contrato de trabalho sem justa causa, “é assegurado o direito de manter sua condição de beneficiário, nas mesmas condições de cobertura assistencial de que gozava quando da vigência do contrato de trabalho, desde que assuma seu pagamento integral”, diz um trecho da lei.

Mas, para que o ex-funcionário possa manter este benefício, ele precisa ter contribuído, total ou parcialmente, com o plano de saúde empresarial, explica a advogada Camila de Oliveira Santos, do escritório Maluf e Moreno Advogados Associados. “O empregado deve informar o interesse de permanecer com o plano, no prazo máximo de 30 dias após a formalização da dispensa”, diz Camila. E cabe à empregadora comunicar ao trabalhador a existência dessa possibilidade.

Em relação ao período de permanência após a rescisão do contrato, a lei obriga as empresas a manter os ex-funcionários por um prazo de até dois anos. O tempo de permanência previsto na legislação é equivalente a um terço do período que o funcionário permaneceu na organização. “Entretanto, existe um prazo mínimo (que é de seis meses) e máximo (24 meses) de permanência”, sinaliza Camila. Logo, mesmo o trabalhador que tiver ficado pouco tempo na organização terá direito a no mínimo meio ano de cobertura. Contudo, o benefício cessa caso o trabalhador obtenha novo emprego que lhe forneça outro plano de saúde.

Camila explica ainda que a lei também se aplica a quem se aposenta. Nesses casos, quem possui um plano de saúde por um período igual ou superior a dez anos tem direito a permanecer com o benefício nos mesmos moldes por prazo indeterminado, desde que assuma o pagamento integral do plano. Já quem está no plano há menos de dez anos pode estender o benefício pelo prazo equivalente ao que permaneceu nele.

Impactos para as empresas

Ainda que as organizações não sejam obrigadas a custear qualquer valor para o ex-funcionário que escolhe a extensão do benefício, , essa opção pode ter reflexos no valor do contrato que as empresas mantêm com as operadoras de planos de saúde empresarial. Isso porque esses contratos, geralmente, possuem cláusula de sinistralidade, ou seja, o contrato prevê uma margem de utilização. “Por mais que o ex-funcionário passe a pagar pelo plano, ele continua a integrar a apólice da empresa, o que pode contribuir para que a margem de utilização seja ultrapassada”, explica Camila. Segundo ela, no momento de renovar o contrato, as operadoras costumam reajustar o valor em até 100% por causa da cota excedida.

A desvantagem iminente tem feito algumas empresas estudarem formas de efetuar mudanças nos desenhos de seus planos, a fim de evitar a obrigatoriedade de estendê-los para seus ex-empregados. É o que mostra um estudo feito pela consultoria Watson Wyatt, com cerca de 170 empresas de diferentes portes e segmentos.

Segundo a pesquisa, mais de 60% das empresas estão condicionadas à lei. Desse total, 13% afirmam já ter tomado providências para não precisarem mais beneficiar quem não integra seu quadro. Elas alegam que o custo criado pelos inativos não é corretamente avaliado para fins contábeis, especialmente quando ele está na mesma apólice dos ativos, o que ocorre em 76% dos casos.

Além dos impactos na sinistralidade do contrato, essa situação pode implicar em subsídio indireto da empresa e dos empregados ativos, uma vez que a tendência é que os participantes de idade mais avançada criem despesas mais elevadas. Dentre as pesquisadas, 29% já precisaram assumir parte dos custos do plano médico dos inativos e pelo menos 5% sofreram ações judiciais por conta dos valores cobrados, uma vez que estes números costumam ser superiores aos debitados do trabalhador enquanto estava na empresa.

Fonte: www.canalrh.com.br - Por: Leandro Fernandes

www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/jornal92/economia_plano_saude.aspx [0]



*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados. Selecionamos as principais notícias da cidade de FAXINAL DOS GUEDES SC. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura. O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento. Tags: Últimas Notícias, FAXINAL DOS GUEDES SC, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora há Pouco, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.