BLOG DE NOTICIAS DE BALSAS

Últimas notícias e assuntos de interesse da cidade





Uema lança edital para inscrição de cursos técnicos

A Universidade Estadual do Maranhão - Uema, por meio do Núcleo de Tecnologias ... São eles: Açailândia, Anajatuba, Balsas, Cajapió, Carolina, Codó, Colinas, Coroatá, Godofredo Viana, Imperatriz, Presidente Dutra, São João dos Patos, Santo Antonio ...

Viabilidade da hidrovia do rio Parnaíba deve custar R$ 2,4 bilhões

O estudo foi realizado entre os anos de 20134 e 2014 e contemplou todas as cidades ribeirinhas ao rio Parnaíba e Balsas no Maranhão. De acordo com o deputado Jesus Rodrigues (PT), a hidrovia do Rio Parnaíba tornaria possível a construção do porto de ...

Últimas notícias de BALSAS MA:


Projeto hidroviário dos rios Balsas e Parnaíba será apresentado hoje A proposta é tornar os rios Parnaíba e Balsas navegáveis, visando à formação de um corredor de 1.491 quilômetros, destinado principalmente ao escoamento de commodities agrícolas, especialmente soja e milho; implementos agrícolas e fertilizantes.
TRT-MA abre vagas para remoção de servidores Estão disponíveis, atualmente, vagas para as VTs de Açailândia (2 vagas), Bacabal (1 vaga), Balsas (1 vaga), Barra do Corda (4 vagas), Chapadinha (1 vaga), Estreito (5 vagas), Pedreiras (1 vaga), Pinheiro (2 vagas), Presidente Dutra (2 vagas), 1ª VT d ...
Judiciário realiza mutirões para desafogar unidades BALSAS - Diversas unidades judiciais do Maranhão, na capital e no interior, estão realizando periodicamente os chamados mutirões, sejam processuais, do júri ou de audiências. O objetivo é o mesmo: diminuir o número de processos e, se possível ...
Após ser citado por Costa, Lobão tira segundo período de férias em um mês Na semana passada, ele só teve uma agenda fora da sede do ministério. Na quinta-feira, ele esteve em Balsas, interior do Maranhão, em visita técnica às unidades da Eletronorte e da Companhia Energética do Maranhão (Cemar). De lá, Lobão partiu para ...
Índice de analfabetismo no Maranhão diminui O Governo do Maranhão também trabalha em parceria com o Ministério ... Chapadinha, Pedreiras, Codó, Viana, Balsas, Imperatriz, Barra do Corda, Açailândia, Bacabal, Itapecuru-Mirim e São Luís, propiciando aos alfabetizadores e alfabetizadores ...

TRT-MA abre vagas para remoção de servidores Estão disponíveis, atualmente, vagas para as VTs de Açailândia (2 vagas), Bacabal (1 vaga), Balsas (1 vaga), Barra do Corda (4 vagas), Chapadinha (1 vaga), Estreito (5 vagas), Pedreiras (1 vaga), Pinheiro (2 vagas), Presidente Dutra (2 vagas), 1ª VT d ...
Judiciário realiza mutirões para desafogar unidades BALSAS - Diversas unidades judiciais do Maranhão, na capital e no interior, estão realizando periodicamente os chamados mutirões, sejam processuais, do júri ou de audiências. O objetivo é o mesmo: diminuir o número de processos e, se possível ...
Mirante Rural destaca a colheita do mel em Santa Luzia do Paruá Agricultores familiares no oeste do Maranhão recebem incentivo de programa federal para ... A Semana Farropilha, na cidade de Balsas. Uma festa que preserva as tradições gaucha, no sul do Estado.
Em Balsas, ‘maraúchos’ celebram a Semana Farroupilha em Balsas, na região sul do Maranhão (assista ao vídeo ao lado). No período é celebrada a tradição de luta pela emancipação da ‘República Riograndense’, no final do século XIX. As comemoraçõe s foram iniciadas com uma cavalgada, onde carros ...
Uema lança edital para inscrição de cursos técnicos A Universidade Estadual do Maranhão - Uema, por meio do Núcleo de Tecnologias ... São eles: Açailândia, Anajatuba, Balsas, Cajapió, Carolina, Codó, Colinas, Coroatá, Godofredo Viana, Imperatriz, Presidente Dutra, São João dos Patos, Santo Antonio ...
Viabilidade da hidrovia do rio Parnaíba deve custar R$ 2,4 bilhões O estudo foi realizado entre os anos de 20134 e 2014 e contemplou todas as cidades ribeirinhas ao rio Parnaíba e Balsas no Maranhão. De acordo com o deputado Jesus Rodrigues (PT), a hidrovia do Rio Parnaíba tornaria possível a construção do porto de ...
Projeto hidroviário dos rios Balsas e Parnaíba será apresentado hoje A proposta é tornar os rios Parnaíba e Balsas navegáveis, visando à formação de um corredor de 1.491 quilômetros, destinado principalmente ao escoamento de commodities agrícolas, especialmente soja e milho; implementos agrícolas e fertilizantes.
TRT-MA abre vagas para remoção de servidores Estão disponíveis, atualmente, vagas para as VTs de Açailândia (2 vagas), Bacabal (1 vaga), Balsas (1 vaga), Barra do Corda (4 vagas), Chapadinha (1 vaga), Estreito (5 vagas), Pedreiras (1 vaga), Pinheiro (2 vagas), Presidente Dutra (2 vagas), 1ª VT d ...
Governo do Estado entrega novas ambulâncias ao CBM-MA Mais 10 ambulâncias de um total de 15 novas adquiridas pelo Governo do Estado foram entregues ao Corpo de Bombeiro Militar do Maranhão (CBM-MA ... foram beneficiados os Grupamentos de Pinheiro, Balsas, Barreirinhas, entre outros. 
MA deve produzir 3.500 toneladas de mel este ano MARANHÃO - A região do Alto Turi, responsável por cerca de 80% da produção do mel no Maranhão, está concluindo a colheita do produto neste mês de setembro. A previsão é de que em todo o Estado sejam produzidas cerca de 3.500 toneladas de mel ...
Índios fazem cerimônia de passagem da infância para adolescência no MA Índios krikatis realizaram a tradicional Festa do Ceveiro, na aldeia indígena São José, localizada no município de Montes Altos, no sudoeste do Maranhão. A cerimônia marca a passagem da infância e adolescência para a fase adulta, e integra um ...
Sem Muricy, São Paulo sofre 3 a 1 do Flu, prolonga má fase e é vaiado No dia em que não pôde contar com o técnico Muricy Ramalho, internado por conta de uma arritmia cardíaca, o São Paulo aumentou sua má fase no Campeonato Brasileiro e foi alvo de vaias de sua torcida. Sob o comando interino do auxiliar Milton Cruz, o ...
Flu aumenta má fase do São Paulo, vence e entra no G-4 São Paulo e Fluminense entraram no Estádio do Morumbi, neste sábado, em uma situação parecida. Ambos estão na briga pelo G-4, mas viviam uma fase complicada, sem vencer por três jogos. E mesmo fora de casa, o time carioca conseguiu se superar para ...
Jorginho aponta má atuação da Chapecoense: "Apatia nos atrapalhou" O empate em 1 a 1 diante do Criciúma em casa foi considerado um resultado ruim pela Chapecoense. Na noite deste sábado, o time saiu na frente com gol de Leandro, mas deixou o adversário igualar no segundo tempo. Além do resultado, o técnico Jorginho ...
Fugitivo do Presídio de Pedrinhas é recapturado em Codó, MA Um fugitivo da Penitenciária de Pedrinhas, identificado como Francisco Walissom Moreira da Conceição, foi recapturado no município de Codó, a cerca de 300 quilômetros de São Luís, nesta sexta-feira. Segundo a polícia, ao ver uma viatura da ...
Cubano do Mais Médicos reclama falta de especialistas no MA O médico cubano Juan Delgado, 40, que foi xingado de escravo e virou símbolo do programa Mais Médicos, está tendo dificuldades para marcar consultas com especialistas e agendar exames para seus pacientes no interior do Maranhão. "Demora muito tempo ...

Quem é o maior culpado pelo fogo nas matas?

A atividade humana é uma das principais causas de queimadas nesta época do ano. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 90% dos incêndios florestais têm de origem antrópica - fruto da ação do homem. Na grande parte dos casos, decorrem do uso incorreto do fogo para a renovação de pastagens, da caça e de ações criminosas em represália à criação e gestão de unidades de conservação. Em menor escala, há casos de queimadas que começam, de maneira natural, por conta de raios.

O território atingido pelos incêndios florestais tem apresentado aumento. De acordo com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a queima proposital de resíduos sólidos perto de áreas verdes é o motivo mais recorrente dos incêndios atendidos no periodo de os chamados na capital federal. Apenas em junho deste ano, 395,16 hectares de vegetação foram consumidos pelo fogo - aumento de 77,8% em relação aos 222,23 hectares verificados em junho de 2013.

Brigadistas

Para lutar contra os focos de incêndios florestais, o governo federal adotou medidas como o reforço do efetivo que atua em campo. Ao todo, 1.589 brigadistas foram contratados para formar as grupos do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo) em todo o País. Os profissionais ficam em pontos estratégicos nas Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste e se concentram em atividades de prevenção e mnuseio nas unidades de convenção.

Do total, 175 brigadistas atuam nas unidades de conservação federais contempladas pelo projeto Cerrado-Jalapão, em Tocantins, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em cooperação com o governo alemão e em parceria com o ICMBio e outros órgãos. “As grupos fazem a prevenção por meio de aceiros (desbaste de um terreno em volta de matas para impedir propagação de incêndios) e participam das atividades de pesquisa”, explica a analista ambiental do ICMBio, Ângela Garda.

O efetivo desempenha um trabalho contínuo de prevenção, combate e conscientização nas áreas de maior perigo. “Os brigadistas têm papel fundamental no resultado das ações de mnuseio integrado do fogo, pois não são apenas combatentes de incêndio, são agentes comunitários de sensibilização e se envolvem na queima controlada, educação ambiental e pesquisa”, justifica Ângela. Segundo ela, a meta é reduzir a área atingida pelas queimadas com a implantação do mnuseio integrado e adaptativo do fogo. “(Os incêndios) são ameaças à proteção do patrimônio natural”, alerta.

Jipes

Veículos especiais são usados pelas grupos de prevenção e combate ao fogo. Na região do Jalapão, quatro marruás – jipes desenvolvidos para operações militares – fazem o transporte de brigadistas e materiais a pontos de complicado acesso nas unidades de conservação. A aquisição somou o investimento de R$ 800 mil, financiados pelo projeto Cerrado-Jalapão. Os automóveis tornaram o trabalho mais eficiente nas unidades de conservação, já que deslocam as grupos com mais rapidez e tranquilança aos focos de incêndio e áreas estratégicas para ações de prevenção.

A nível nacional, o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado) é a ferramenta estratégica de combate aos incêndios florestais no bioma. O documento traça ações táticas e operacionais que são implantadas por meio da articulação entre União, Estados, municípios, sociedade civil, setor empresarial e universidades.

Fique atento

Veja como ajudar a evitar queimadas:

- Não jogue bitucas de cigarro pela janela do carro

- Não fume em matas e locais com muita vegetação

- Impeça crianças de brincar com fogo em áreas verdes

- Evite fazer fogueiras em áreas de vegetação

Como funciona?

Confira os principais elementos nos casos de incêndios florestais:

- O combate busca suprimir o chamado triângulo do fogo: calor, oxigênio e combustível (vegetação, no caso das queimadas)

- Para os incêndios de pequenas proporções, as brigadas usam abafador, bomba costal e motobomba

- Diante de queimadas de maiores proporções, são aplicados recursos como caminhão-pipa, helicópteros e aviões agrícolas para aspersão de água

Saiba mais sobre o Cerrado

Segundo maior bioma da América do Sul, o Cerrado ocupa 24% do território brasileiro, em uma área total de cerca de 2 milhões de km2. Está presente no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Bahia, Piauí, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, o que soma 1.330 municípios. Nessa região, ficam as nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul (Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata).

Em decorrência da diversidade biológica, o Cerrado é caracterizado como a savana mais rica do mundo. Ao todo, 11.627 espécies de plantas nativas, 199 diferentes mamíferos e 837 exemplares distintos da avifauna habitam o bioma, ademais de 1,2 mil espécies de peixes, 180 répteis e 150 anfíbios. O cerrado conta, ainda, com diversas populações que sobrevivem de seus recursos naturais, incluindo etnias indígenas, quilombolas, ribeirinhos e outros povos tradicionais.

[26]



Quem é o maior culpado pelo fogo nas matas?

A atividade humana é uma das principais causas de queimadas nesta época do ano. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 90% dos incêndios florestais têm de origem antrópica - fruto da ação do homem. Na grande parte dos casos, decorrem do uso incorreto do fogo para a renovação de pastagens, da caça e de ações criminosas em represália à criação e gestão de unidades de conservação. Em menor escala, há casos de queimadas que começam, de maneira natural, por conta de raios.

O território atingido pelos incêndios florestais tem apresentado aumento. De acordo com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a queima proposital de resíduos sólidos perto de áreas verdes é o motivo mais recorrente dos incêndios atendidos no periodo de os chamados na capital federal. Apenas em junho deste ano, 395,16 hectares de vegetação foram consumidos pelo fogo - aumento de 77,8% em relação aos 222,23 hectares verificados em junho de 2013.

Brigadistas

Para lutar contra os focos de incêndios florestais, o governo federal adotou medidas como o reforço do efetivo que atua em campo. Ao todo, 1.589 brigadistas foram contratados para formar as grupos do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo) em todo o País. Os profissionais ficam em pontos estratégicos nas Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste e se concentram em atividades de prevenção e mnuseio nas unidades de convenção.

Do total, 175 brigadistas atuam nas unidades de conservação federais contempladas pelo projeto Cerrado-Jalapão, em Tocantins, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em cooperação com o governo alemão e em parceria com o ICMBio e outros órgãos. “As grupos fazem a prevenção por meio de aceiros (desbaste de um terreno em volta de matas para impedir propagação de incêndios) e participam das atividades de pesquisa”, explica a analista ambiental do ICMBio, Ângela Garda.

O efetivo desempenha um trabalho contínuo de prevenção, combate e conscientização nas áreas de maior perigo. “Os brigadistas têm papel fundamental no resultado das ações de mnuseio integrado do fogo, pois não são apenas combatentes de incêndio, são agentes comunitários de sensibilização e se envolvem na queima controlada, educação ambiental e pesquisa”, justifica Ângela. Segundo ela, a meta é reduzir a área atingida pelas queimadas com a implantação do mnuseio integrado e adaptativo do fogo. “(Os incêndios) são ameaças à proteção do patrimônio natural”, alerta.

Jipes

Veículos especiais são usados pelas grupos de prevenção e combate ao fogo. Na região do Jalapão, quatro marruás – jipes desenvolvidos para operações militares – fazem o transporte de brigadistas e materiais a pontos de complicado acesso nas unidades de conservação. A aquisição somou o investimento de R$ 800 mil, financiados pelo projeto Cerrado-Jalapão. Os automóveis tornaram o trabalho mais eficiente nas unidades de conservação, já que deslocam as grupos com mais rapidez e tranquilança aos focos de incêndio e áreas estratégicas para ações de prevenção.

A nível nacional, o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado) é a ferramenta estratégica de combate aos incêndios florestais no bioma. O documento traça ações táticas e operacionais que são implantadas por meio da articulação entre União, Estados, municípios, sociedade civil, setor empresarial e universidades.

Fique atento

Veja como ajudar a evitar queimadas:

- Não jogue bitucas de cigarro pela janela do carro

- Não fume em matas e locais com muita vegetação

- Impeça crianças de brincar com fogo em áreas verdes

- Evite fazer fogueiras em áreas de vegetação

Como funciona?

Confira os principais elementos nos casos de incêndios florestais:

- O combate busca suprimir o chamado triângulo do fogo: calor, oxigênio e combustível (vegetação, no caso das queimadas)

- Para os incêndios de pequenas proporções, as brigadas usam abafador, bomba costal e motobomba

- Diante de queimadas de maiores proporções, são aplicados recursos como caminhão-pipa, helicópteros e aviões agrícolas para aspersão de água

Saiba mais sobre o Cerrado

Segundo maior bioma da América do Sul, o Cerrado ocupa 24% do território brasileiro, em uma área total de cerca de 2 milhões de km2. Está presente no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Bahia, Piauí, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, o que soma 1.330 municípios. Nessa região, ficam as nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul (Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata).

Em decorrência da diversidade biológica, o Cerrado é caracterizado como a savana mais rica do mundo. Ao todo, 11.627 espécies de plantas nativas, 199 diferentes mamíferos e 837 exemplares distintos da avifauna habitam o bioma, ademais de 1,2 mil espécies de peixes, 180 répteis e 150 anfíbios. O cerrado conta, ainda, com diversas populações que sobrevivem de seus recursos naturais, incluindo etnias indígenas, quilombolas, ribeirinhos e outros povos tradicionais.

[27]

EM BALSAS tspan:3m EM BALSAS




Uema lança edital para inscrição de cursos técnicos


A Universidade Estadual do Maranhão - Uema, por meio do Núcleo de Tecnologias ...



Viabilidade da hidrovia do rio Parnaíba deve custar R$ 2,4 bilhões


O estudo foi realizado entre os anos de 20134 e 2014 e contemplou todas as cidades ribeirinhas ao rio Parnaíba e Balsas no Maranhão.



Projeto hidroviário dos rios Balsas e Parnaíba será apresentado hoje A proposta é tornar os rios Parnaíba e Balsas navegáveis, visando à formação de um corredor de 1.491 quilômetros, destinado principalmente ao escoamento de commodities agrícolas, especialmente soja e milho; implementos agrícolas e fertilizantes.
TRT-MA abre vagas para remoção de servidores Estão disponíveis, atualmente, vagas para as VTs de Açailândia (2 vagas), Bacabal (1 vaga), Balsas (1 vaga), Barra do Corda (4 vagas), Chapadinha (1 vaga), Estreito (5 vagas), Pedreiras (1 vaga), Pinheiro (2 vagas), Presidente Dutra (2 vagas), 1ª VT d ...
Judiciário realiza mutirões para desafogar unidades BALSAS - Diversas unidades judiciais do Maranhão, na capital e no interior, estão realizando periodicamente os chamados mutirões, sejam processuais, do júri ou de audiências. O objetivo é o mesmo: diminuir o número de processos e, se possível ...
Após ser citado por Costa, Lobão tira segundo período de férias em um mês Na semana passada, ele só teve uma agenda fora da sede do ministério. Na quinta-feira, ele esteve em Balsas, interior do Maranhão, em visita técnica às unidades da Eletronorte e da Companhia Energética do Maranhão (Cemar). De lá, Lobão partiu para ...
Índice de analfabetismo no Maranhão diminui O Governo do Maranhão também trabalha em parceria com o Ministério ... Chapadinha, Pedreiras, Codó, Viana, Balsas, Imperatriz, Barra do Corda, Açailândia, Bacabal, Itapecuru-Mirim e São Luís, propiciando aos alfabetizadores e alfabetizadores ...
BALSAS MA tspan:3m BALSAS MA
Governo do Estado entrega novas ambulâncias ao CBM-MA Mais 10 ambulâncias de um total de 15 novas adquiridas pelo Governo do Estado foram entregues ao Corpo de Bombeiro Militar do Maranhão (CBM-MA ... foram beneficiados os Grupamentos de Pinheiro, Balsas, Barreirinhas, entre outros. 
MA deve produzir 3.500 toneladas de mel este ano MARANHÃO - A região do Alto Turi, responsável por cerca de 80% da produção do mel no Maranhão, está concluindo a colheita do produto neste mês de setembro. A previsão é de que em todo o Estado sejam produzidas cerca de 3.500 toneladas de mel ...
Índios fazem cerimônia de passagem da infância para adolescência no MA Índios krikatis realizaram a tradicional Festa do Ceveiro, na aldeia indígena São José, localizada no município de Montes Altos, no sudoeste do Maranhão. A cerimônia marca a passagem da infância e adolescência para a fase adulta, e integra um ...
Sem Muricy, São Paulo sofre 3 a 1 do Flu, prolonga má fase e é vaiado No dia em que não pôde contar com o técnico Muricy Ramalho, internado por conta de uma arritmia cardíaca, o São Paulo aumentou sua má fase no Campeonato Brasileiro e foi alvo de vaias de sua torcida. Sob o comando interino do auxiliar Milton Cruz, o ...
Flu aumenta má fase do São Paulo, vence e entra no G-4 São Paulo e Fluminense entraram no Estádio do Morumbi, neste sábado, em uma situação parecida. Ambos estão na briga pelo G-4, mas viviam uma fase complicada, sem vencer por três jogos. E mesmo fora de casa, o time carioca conseguiu se superar para ...
Jorginho aponta má atuação da Chapecoense: "Apatia nos atrapalhou" O empate em 1 a 1 diante do Criciúma em casa foi considerado um resultado ruim pela Chapecoense. Na noite deste sábado, o time saiu na frente com gol de Leandro, mas deixou o adversário igualar no segundo tempo. Além do resultado, o técnico Jorginho ...
Fugitivo do Presídio de Pedrinhas é recapturado em Codó, MA Um fugitivo da Penitenciária de Pedrinhas, identificado como Francisco Walissom Moreira da Conceição, foi recapturado no município de Codó, a cerca de 300 quilômetros de São Luís, nesta sexta-feira. Segundo a polícia, ao ver uma viatura da ...
Cubano do Mais Médicos reclama falta de especialistas no MA O médico cubano Juan Delgado, 40, que foi xingado de escravo e virou símbolo do programa Mais Médicos, está tendo dificuldades para marcar consultas com especialistas e agendar exames para seus pacientes no interior do Maranhão. "Demora muito tempo ...

A importância do alongamento para quem tem dores nas costas

Problemas na coluna, como dores na lombar, são reclamações constantes em consultórios médicos. A Organização Mundial da Saúde (OMS)tem a estimativa de que aproximadamente 80% da população mundial sofrerá pelo menos um episódio de dor na coluna durante a vida.

A psicóloga Maira Mesquita sofre de dores na coluna, cervical, atrás do ombro e nos braços diariamente há cinco anos. Ela conta que já procurou diversos especialistas, mas atualmente não realiza nenhum tratamento específico para a lombalgia. De acordo com o ortopedista especializado em coluna vertebral do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), Luis Eduardo Carelli, lombalgia é toda dor que afeta a coluna vertebral na parte lombar baixa.

Quem permanece sentado por longos períodos, como pessoas que trabalham em escritórios, tem a necessidade de trabalhar em uma mesa de boa altura e uma cadeira ajustável e com encosto. Segundo o médico Carelli, é necessário identificar a melhor maneira de sentar, com a postura correta. “Também é recomendado que, ao longo do dia, sejam feitos exercícios leves, como andar, caminhar e ginástica laboral. Isso para todas as pessoas, mas preferencialmente pessoas com mais idade”, explica o ortopedista.

No caso de Maira, que fica muito tempo sentada estudando, as dores são frequentes. “Sinto dores quase todos os dias, principalmente quando passo muito tempo sentada e quando vou dormir”, afirma. A psicóloga tem o costume de mudar o lugar do estudo, para aliviar um pouco as dores, e também utiliza uma cadeira diferenciada, onde ela se encaixa melhor e fica mais confortável na hora do estudo.

Para pessoas que trabalham em pé, como vendedores e comerciantes, é recomendável que a postura seja mais ereta possível, evitando a queda dos ombros e a postura relaxada. Em caso de trabalhadores que carregam peso, é importante lembrar que “o melhor quando abaixar para pegar objetos no chão é flexionar os joelhos e trazer o objeto próximo ao corpo”, explica o ortopedista Luis Eduardo Carelli.

A flexão excessiva dos joelhos e possível torção, em conjunto com o excesso de peso carregado, podem desenvolver hérnias de disco. É necessária a prevenção e alguns cuidados rotineiros para que os discos não sejam sobrecarregados e, assim, evitar doenças degenerativas do disco.

A colaboradora da CTIS Márcia Veiga, 45 anos, aos 9 anos de idade sofreu um traumatismo na coluna, ao levar um tombo. Apenas aos 15 anos foi descoberto que ela, na verdade, sofria de espondilose lombar, uma doença reumática crônica e progressiva. As dores são diárias e ela já aprendeu a conviver com elas.

Márcia se tratou com ortopedistas no Hospital Sarah Kubitschek e, hoje em dia, realiza diversas atividades para auxiliar na diminuição das dores de coluna. “Faço acupuntura, pilates, academia. A dor é constante, mas já procurei médicos para tratar também a fibromialgia. Isso não me impede de viver, não posso deixar as dores ou a doença tomarem conta de mim”, afirma Márcia.

De acordo com o médico, os tratamentos para dores na coluna são indicados após diagnóstico específico e realização de exames. Após esse processo, pode ser indicado o repouso, a restrição da atividade física, atividades físicas específicas, fisioterapia, evitar o sedentarismo, se alongar a cada duas horas, ter uma boa qualidade de vida e alimentação saudável.

Segundo o médico, a correta postura é necessária sempre, em casa, durante as atividades de lazer, no sofá. “São recomendadas atividades físicas, ginásticas laborais, alongamentos em casa e no trabalho. A prevenção é a chave do sucesso para a saúde da coluna”, diz o ortopedista Carelli.

[24]

*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados. Selecionamos as principais notícias da cidade de BALSAS MA. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura. O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento. Tags: Últimas Notícias, BALSAS MA, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora há Pouco, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.